Escolha as suas informações

Obras do elétrico fecham estradas e paragens de autocarros na capital
As obras na capital obrigam algumas mudanças.

Obras do elétrico fecham estradas e paragens de autocarros na capital

Foto: Pierre Matgé
As obras na capital obrigam algumas mudanças.
Luxemburgo 20.01.2019

Obras do elétrico fecham estradas e paragens de autocarros na capital

As obras da linha de elétrico estão a condicionar o trânsito na capital. Uma série de trabalhos que começaram este sábado levaram já ao fecho temporário da circulação automóvel em algumas artérias do centro e do bairro da Gare. Há também paragens de autocarros afetadas.

Algumas obras devem continuar até ao final da próxima semana, mas há outras mais prolongadas, até dois meses. "Um período difícil", mas que é "o preço a pagar para que as coisas melhorem", disse a burgomestre da cidade do Luxemburgo, Lydie Polfer, citada pelo Wort.

Saiba onde estão a decorrer as obras e as mudanças previstas:

Boulevard Joseph II e Avenue Emile Reuter

As obras vão decorrer até quarta-feira, 23 de janeiro. Há apenas uma faixa aberta à circulação no boulevard Joseph II.

Os autocarros vão seguir o trajeto e horário habitual, mas a comuna alerta os moradores sobre o barulho das obras, entre as 7h e as 18h.

Avenue de la Liberté

Até quarta-feira, 23 de janeiro, os automobilistas não poderão entrar na rue Goethe, a partir da avenue de la Liberté.

Até sexta-feira, 25 de janeiro, a rue Dicks vai estar fechada.

A rue Schiller estará aberta em ambos os sentidos para permitir que os automóveis tenham acesso ao parque de estacionamento Heine.

Todas as obras vão ter lugar entre as 7h e as 18h durante a semana.

Paragem de autocarro da Place des Martyrs

A partir de segunda-feira, 28 de janeiro, as paragens 1 e 2 da Place des Martyrs vão deixar de estar disponíveis.

Os passageiros podem apanhar os autocarros na paragem Paris/Zitha, também na Avenue de la Liberté, em ambas as direções.

Ponte Buchler

As obras na ponte que liga Bonnevoie ao bairro da Gare - pouco antes da estação de comboio e ao lado da empresa Paul Wurth - começam este domingo, 20 de janeiro, e devem continuar por dois meses.

Há apenas uma faixa no sentido Bonnevoie - Gare. Essa faixa vai ser partilhada com os autocarros. No sentido oposto há duas faixas.

O acesso à ponte Buchler pela estrada Mühlenweg (Gasperich) vai estar fechado.

Está previsto também um desvio da route de Thionville para a rotunda Gluck, passando depois Pont d'Alsace (entre Gasperich e Hollerich).


Notícias relacionadas