Escolha as suas informações

Número de pessoas em isolamento aumenta e em quarentena diminui
Luxemburgo 08.04.2021

Número de pessoas em isolamento aumenta e em quarentena diminui

Número de pessoas em isolamento aumenta e em quarentena diminui

Soeren Stache/dpa-Zentralbild/dp
Luxemburgo 08.04.2021

Número de pessoas em isolamento aumenta e em quarentena diminui

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Os números do balanço semanal dão conta ainda de 1.544 pessoas que testaram positivo, ou seja, -8,4% do que na semana precedente.

O número de pessoas infetadas pela covid-19 e que foram colocadas em isolamento aumentou na semana passada em 9%, face à semana precedente. De acordo com o balanço semanal, 3.466 pessoas ficaram isoladas entre 29 de março a 4 de abril.

Segundo a Direção de Saúde, estas pessoas devem ficar em isolamento por um período mínimo de 10 dias.

Em sentido contrário, o número de pessoas obrigadas a ficar em quarentena, por terem estado em contacto direto com infetados, diminui em 13% em igual período. Ao todo, 4.732 pessoas ficaram em quarentena, que é de sete dias.

Os números do balanço semanal dão conta ainda de 1.544 pessoas que testaram positivo, ou seja, -8,4% do que na semana precedente.

Já os testes PCR aumentaram para 79.883 (67.052 na semana precedente) e 130 pessoas acusaram positivo através do teste rápido de antigénio.

No dia 4 de abril, o número de infeções ativas era de 3.556 (em comparação com 3.571 no dia 28 de março) e o número de pessoas curadas aumentou de 56.762 para 58.302.O número de vítimas mortais associadas à covid-19 diminuiu para 19 (20 na semana anterior), com a idade média de 79 anos.

Nos hospitais, houve um ligeiro aumento nos internamentos: 111 (107 na semana anterior), incluindo 29 nos cuidados intensivos (21 na semana precedente).Quanto às vacinas, foram administradas 19.333 doses: 15.240 pessoas receberam a primeira dose e 4.093 a segunda, totalizando no dia 6 de abril para 108.940 (1ª e 2ª doses).  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Luxemburgo. Covid-19 aumenta mortes em 21%, um recorde desde 1975
O número de mortes no Luxemburgo aumentou 21,4% num ano, atingindo um recorde de óbitos em abril que não se verificava desde 1975. Segundo dados divulgados hoje pelo gabinete luxemburguês de estatísticas, Statec, este aumento deve-se às mortes associadas à covid-19.