Escolha as suas informações

Número de novos casos aumentou 25% na última semana
Luxemburgo 27.10.2021
Relatório Semanal

Número de novos casos aumentou 25% na última semana

Relatório Semanal

Número de novos casos aumentou 25% na última semana

Foto: dpa
Luxemburgo 27.10.2021
Relatório Semanal

Número de novos casos aumentou 25% na última semana

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
Maior taxa de incidência regista-se em crianças dos 0 aos 14 anos.

O relatório semanal do Ministério da Saúde vai ao encontro do que foi dito pela ministra da Saúde, Paulette Lenert, ao início da tarde desta quarta-feira, e confirma o aumento de novos casos, nesta que é já considerada a "quarta vaga da pandemia" no país.  


"O Luxemburgo já está na quarta vaga da pandemia"
Paulette Lenert confirmou esta quarta-feria que o Grão-Ducado já entrou numa quarta vaga da pandemia de covid-19. A situação é idêntica à registada no final do mês de outubro de 2020, com o número de internamentos a subir.

Na semana de 18 a 24 de outubro, o número de pessoas que testaram positivo para a covid-19 aumentou 25%, de 786 para 981. Deste número, a taxa de incidência correspondente a pessoas não vacinadas é de 241,39 por 100.000 habitantes. 

No caso dos internamentos durante o período analisado, de ressalvar que 11 dos 17 pacientes hospitalizados em enfermaria não tinham sido vacinados. Na conferência de imprensa de hoje, a ministra da Saúde disse que a grande percentagem de internamentos referir-se sobretudo a não vacinados demonstra a eficácia dos fármacos contra o SARS-CoV-2 e esta opinião também é partilhada pelo Diretor da Saúde, Jean-Claude Schmit, adiantando também que o vírus circula sobretudo junto dos mais novos que ainda não receberam a vacina.

A maior taxa de incidência foi registada entre as crianças de 0-14 anos, com 231 casos por 100.000 habitantes. Mas, em comparação com a semana anterior, a taxa de incidência aumentou em quase todos os grupos etários, exceto nas pessoas com 75 anos ou mais (-10%). 

A idade média das pessoas infetadas aumentou de 31,9 para 33,8 anos. Durante a semana de 18 a 24, registaram-se duas novas mortes por causa do vírus e a idade média dos óbitos é de 71 anos. 

O ambiente familiar continua a ser a fonte mais predominante de infeção 34,8%, seguido da escola (14,3%), lazer (7,2%) e trabalho (6,5%).

De 18 a 24, foram administradas 10.556 doses de vacinas contra a covid-19, sendo 4.734 atribuídas a primeiras doses, 2.330 a segundas e e 3.492 levaram uma dose de reforço. 808.801. 415.448 pessoas têm agora a vacinação completa, o que corresponde a 75% da população com mais de 12 anos. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas