Escolha as suas informações

NSPA: NATO vai ter centro de dados em Betzdorf
Luxemburgo 10.05.2016 Do nosso arquivo online

NSPA: NATO vai ter centro de dados em Betzdorf

O acordo foi assinado entre o ministro da Defesa, Etienne Schneider (à esq.), e o director-geral da NSPA Mike Lyden

NSPA: NATO vai ter centro de dados em Betzdorf

O acordo foi assinado entre o ministro da Defesa, Etienne Schneider (à esq.), e o director-geral da NSPA Mike Lyden
Foto: MAEE
Luxemburgo 10.05.2016 Do nosso arquivo online

NSPA: NATO vai ter centro de dados em Betzdorf

O Governo luxemburguês e a agência de apoio da NATO (NSPA), sediada em Capellen, assinaram esta segunda-feira um acordo para a instalação de um centro de dados da NSPA em Betzdorf.

O Governo luxemburguês e a agência de apoio da NATO (NSPA), sediada em Capellen, assinaram esta segunda-feira um acordo para a instalação de um centro de dados da NSPA em Betzdorf.

O acordo tem a duração de cinco anos e o centro de dados deverá estar operacional no final de 2016.

Criada com o apoio do Centro de Tecnologias de Informação do Estado (CTIE), o projecto do centro de dados vai permitir ao Luxemburgo ter “uma infra-estrutura segura de apoio ao sistema de informação já existente na sede da NSPA em Capellen”, refere a Direcção de Defesa em comunicado.

“Sempre que possível, investimos no esforço da Defesa de forma que possa beneficiar directamente a economia luxemburguesa”, disse o ministro da Defesa Etienne Schneider.

Estabelecida no Luxemburgo desde 1968, a NSPA reúne numa única estrutura as actividades de apoio da NATO em matéria de logística e de compras, fornecendo também equipamento às operações da NATO em áreas que não se limitam ao armamento, como catering, transportes, construção, têxteis, calçado e mesmo o lazer.

A NSPA de Capellen emprega cerca de 900 pessoas, 80% vivem no Luxemburgo.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Falta encontrar local : Google "será o maior investimento do Luxemburgo", diz Etinenne Schneider
Caso a gigante Google se instale no país, este “será o maior investimento no Luxemburgo, disse Etienne Schneider, ministro da Economia, ontem à noite, sexta-feira, ao Luxembourg Wort, em resposta à crescente especulação sobre a vinda da empresa para o Grão-Ducado. Além do maior investimento, "será o maior consumidor de eletricidade no Luxemburgo, à frente do ArcelorMittal", explicou Schneider.
O Luxemburgo já perdeu duas corridas para a instalação da Google, mas quer garantir que à terceira ganha