Escolha as suas informações

Novos casos entre os 0-14 anos aumentaram 195% no Grão-Ducado
Luxemburgo 13.01.2022
Covid-19

Novos casos entre os 0-14 anos aumentaram 195% no Grão-Ducado

Covid-19

Novos casos entre os 0-14 anos aumentaram 195% no Grão-Ducado

Foto: AFP
Luxemburgo 13.01.2022
Covid-19

Novos casos entre os 0-14 anos aumentaram 195% no Grão-Ducado

Catarina OSÓRIO
Catarina OSÓRIO
Autoridades estão a acompanhar com "máxima vigilância" a situação nas escolas luxemburguesas.

Segundo o balanço semanal mais recente divulgado pelo Ministério Saúde não houve faixa etária que tenha escapado ao aumento de casos de infeções na semana a seguir ao Ano Novo, que foi de 89%. Apesar do aumento já ser esperado pelas autoridades devido às reuniões familiares da quadra, o vírus continua a circular de forma mais intensa entre as crianças e jovens.  

Assim, entre 3 e 9 de janeiro, nas crianças e jovens entre os 0-14 anos a taxa de incidência do vírus aumentou 195%. E entre os 15-29 anos o aumento foi de 103%. Os casos entre os residentes com mais de 75 anos registaram o menor aumento, de 48%. 

O relatório das autoridades dá conta de uma incidência de casos entre os mais novos "um pouco por todas as regiões do país e a maioria das escolas são afetadas". O Ministério assegura que a evolução da situação na comunidade escolar "continua a ser acompanhada com a máxima vigilância".


Conselho das Doenças Infecciosas recomenda vacina para todas as crianças entre os 5 e 11 anos
Problemas cardíacos ou ainda o aparecimento da diabetes são algumas das complicações que podem surgir nos mais novos devido a uma infeção por covid-19.


Novos casos entre os 0-14 anos aumentaram 195% no Grão-Ducado
Autoridades estão a acompanhar com "máxima vigilância" a situação nas escolas luxemburguesas.

Segundo os dados, o foco de infeção continua a ser difícil de determinar na maioria dos casos (50,8%), mas o círculo familiar continua a ser a maior fonte conhecida de propagação do vírus (28,6%), seguido das viagens ao estrangeiro (11,8%) e as atividades de lazer (4,9%).   

No geral, o número de novas infeções aumentou quase 90% na semana a seguir ao Ano Novo, tendo a taxa de incidência quase duplicado neste período, passando de 889 casos para 1.682 casos por 100.000 habitantes. 


Infeções com aumento de quase 90% na semana a seguir ao Ano Novo
Entre os 0 e os 14 anos o aumento da taxa de incidência de novos casos foi de 195%, entre 3 e 9 de janeiro.

No mesmo sentido, também a taxa de reprodução efetiva R(t) e a taxa de positividade tiveram um aumento considerável entre 3 e 9 de janeiro. A primeira foi de 1,48 (1,30 na semana anterior) e a segunda fixou-se nos 29,5% (24,52 na semana anterior). 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas