Escolha as suas informações

Noite de álcool obriga a intervenção da polícia em diversos pontos do país
Luxemburgo 2 min. 08.10.2016 Do nosso arquivo online
Faits divers

Noite de álcool obriga a intervenção da polícia em diversos pontos do país

Faits divers

Noite de álcool obriga a intervenção da polícia em diversos pontos do país

Foto: Shutterstock
Luxemburgo 2 min. 08.10.2016 Do nosso arquivo online
Faits divers

Noite de álcool obriga a intervenção da polícia em diversos pontos do país

A polícia teve uma noite de sexta-feira agitada com excesso de álcool um pouco por todo o país. O relatório das autoridades relata os eventos.

A polícia teve uma noite de sexta-feira agitada com excesso de álcool um pouco por todo o país. O relatório das autoridades relata os eventos. 

Um automobilista que circulava entre Strassen e Bridel, foi abordado por condução perigosa. O mesmo conduziria em ziguezague, segundo as testemunhas. Quando as autoridades interpelaram o indivíduo, em Wahlhausen, o mesmo ficou sem a carta de condução após o teste de alcoolemia. 

Em Kayl, na rue des Champs por volta das 22h30, a polícia foi chamada a intervir por uma viatura ter abalroado uma barreira. No local, a polícia reparou que a barreira se encontrava intacta, mas lá se encontrava um condutor confuso, instalado no lugar do passageiro, com o motor em funcionamento. Após o teste do "balão", veio a saber-se que o indivíduo tinha uma taxa de alcoolemia duas vezes superior à legal de 0,5 g por litro de sangue (ou 0,25 mg de álcool por litro de ar expirado). O mesmo já teria tido a carta apreendida há diversos anos.

Na cidade do Luxemburgo, na Boulevard Royal, pelas 2h30, uma patrulha parou atrás de uma viatura num sinal vermelho, mas quando o sinal passou a verde, o condutor não avançou. Um dos agentes saiu da viatura para avisar o automobilista em frente, mas o mesmo respondeu com uma voz dispersa. O teste de alcoolemia resultou na remoção da carta do mesmo e a viatura foi confiscada.

Os residentes de Rumelange tiveram o sono perturbado, na noite de sexta-feira para sábado, quando um homem deitado na rua gritava na Grand Rue, pouco antes das 3h da manhã. As autoridades abordaram o indivíduo, pensando que o mesmo poderia estar ferido, mas estava sob o efeito de álcool. No meio de gritos, terá proferido insultos aos polícias que o terão levado para uma cela onde passou a noite.

Outro homem também estendido no solo em Esch-sur-Alzette foi sinalizado às autoridades pelas 3h da manhã. O homem, fortemente embriagado, estaria a dormir no chão, segundo o relatório da polícia. O relatório adianta que o indivíduo estaria de tal modo descontraído a dormir que molhou as calças. Os agentes acordaram-no e conduziram-no até casa, uma vez que morava perto do local.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.