Escolha as suas informações

Mortes nas estradas do Luxemburgo aumentaram 44% em 2018
Luxemburgo 05.04.2019 Do nosso arquivo online

Mortes nas estradas do Luxemburgo aumentaram 44% em 2018

Mortes nas estradas do Luxemburgo aumentaram 44% em 2018

Foto: Gerry Huberty
Luxemburgo 05.04.2019 Do nosso arquivo online

Mortes nas estradas do Luxemburgo aumentaram 44% em 2018

O Luxemburgo é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de mortes na estrada entre 2017 e 2018. De acordo com dados provisórios divulgados, esta quinta-feira, pela Comissão Europeia (CE), os acidentes fatais aumentaram 44%, num ano.

Segundo as contas do relatório anual da Comissão Europeia, o Grão-Ducado faz parte do ‘top 10’ dos países com maior aumento de mortes na estrada em 2018. O número ainda oficioso confirma o aumento: em 2018 morraram 35 pessoas nas estradas luxemburguesas, quando em 2017 foram 25.

Os dados provisórios divulgados pela CE referem ainda que nos últimos oito anos houve apenas três países com aumento de acidentes mortais nas estradas e o Grão-Ducado é um deles. Entre 2010 e 2018, as mortes nas estradas luxemburguesas aumentaram 13%, atrás da Suécia (22%) e Malta (38%).

A Holanda foi o único país sem mudanças quando comparado com 2010, enquanto, entre os restantes 24 Estados-membros, Portugal registou a terceira maior diminuição, uma redução de 35% nos últimos oito anos.

No conjunto dos 28 Estados-membros, perderam a vida nas estradas europeias no ano passado cerca de 25 mil pessoas.

A CE estima que em 2018, por cada morte na estrada, cinco outras pessoas ficam gravemente feridas, num total de 135 mil.

Henrique de Burgo

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O Luxemburgo apresenta uma média de mortes nas estradas superior à da União Europeia (UE). Em 2015, o Grão-Ducado registou 58 mortes por um milhão de habitantes, segundo o último relatório anual da Comissão Europeia sobre a segurança rodoviária, a ser divulgado esta quarta-feira.