Escolha as suas informações

Táxis com zero emissões já circulam no Luxemburgo
Luxemburgo 08.12.2016 Do nosso arquivo online
Mobilidade

Táxis com zero emissões já circulam no Luxemburgo

(de g. à dr.) Charles Geniets ; Émile Weber ; Vasco David ; Joao Fernandes ; Babtunde Otukoya ; Michel Pereira ; François Bausch, ministre du Développement durable et des Infrastructures ; Jean-Paul Maas ; Olivier Gallé ; Jean-Paul Gallé
Mobilidade

Táxis com zero emissões já circulam no Luxemburgo

(de g. à dr.) Charles Geniets ; Émile Weber ; Vasco David ; Joao Fernandes ; Babtunde Otukoya ; Michel Pereira ; François Bausch, ministre du Développement durable et des Infrastructures ; Jean-Paul Maas ; Olivier Gallé ; Jean-Paul Gallé
Luxemburgo 08.12.2016 Do nosso arquivo online
Mobilidade

Táxis com zero emissões já circulam no Luxemburgo

O ministro luxemburguês do Desenvolvimento Sustentável e das Infraestruturas, François Bausch, entregou hoje simbolicamente as primeiras 18 licenças de exploração de táxis com zero emissões, no Luxemburgo.

O ministro luxemburguês do Desenvolvimento Sustentável e das Infraestruturas, François Bausch, entregou hoje simbolicamente as primeiras 18 licenças de exploração de táxis com zero emissões, no Luxemburgo.

A lei de 5 de julho de 2016 sobre a organização dos serviços de táxis no Grão-Ducado prevê que 20 licenças sejam anualmente atribuídas a este tipo de veículos, mais “amigos” do Ambiente.

Desde a entrada da lei em vigor, no passado dia 1 de Setembro, foram feitos 38 pedidos de concessão deste tipo de licença.

Na cerimónia simbólica, François Bausch agradeceu aos taxistas pela sua contribuição para uma mobilidade “mais sustentável” e disse esperar que, paralelamente à uniformização dos táxis e a um controlo mais rigoroso, a introdução dos "táxi zero" contribua para melhorar a imagem do sector” no país.

Vinte novas licenças disponíveis em janeiro de 2017

O ministro revelou que, a partir do dia 1 de janeiro de 2017, vinte novas licenças de táxi de emissão zero serão disponibilizadas ao setor.

Os pedidos podem ser feitos, a partir da meia-noite do primeiro dia de 2017, através da página da Internet ‘MyGuichet.lu’, com a referência ‘TAXI E01 – Licence d’exploitation – Délivrance’.

François Bausch sublinhou ainda que a reforma tributária, que entrará em vigor a 1 de Janeiro, vai promover uma dedução para a mobilidade sustentável no valor de 5.000 euros, para qualquer pessoa que compre um carro ‘zero-emissões’, independentemente do seu uso.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A Federação do setor teme que a liberalização total do setor contribua para o aumento dos preços dos trajetos em vez de os baixar. Opinião partilhada pela União Luxemburguesa dos Consumidores.
A passagem das seis grandes zonas regionais dos táxis para apenas uma grande zona nacional parece ser agora o maior diferendo entre os taxistas e o ministro do Desenvolvimento Sustentável e Infraestruturas.
A nova lei que rege o sector dos táxis no Luxemburgo entrou em vigor no dia 1 de Setembro. A mudança que mais polémica tem gerado entre os taxistas é a que determina que o cliente deixa de ser obrigado a apanhar o primeiro táxi da fila. Os profissionais do sector pedem ainda mais fiscalização no combate aos taxistas ilegais.
 “Os ´pescadores´ (taxistas ilegais) continuam aí e são cada vez mais. São concorrência desleal a quem paga impostos e acabam por roubar o Estado”, denuncia Aires Santos, da Taxis Morgado, em Esch-sur-Alzette
Os taxistas apanhados sem licença de exploração arriscam-se a pagar uma multa até 500 euros e a ficar sem viatura. Esta é uma das medidas previstas na reforma da lei do sector dos táxis, que deverá ser aprovada até Maio.
Os taxistas vão ter novas regras a partir de Maio