Escolha as suas informações

Ministro da Mobilidade defende reforço policial nos comboios

Ministro da Mobilidade defende reforço policial nos comboios

Luxemburgo 23.01.2019

Ministro da Mobilidade defende reforço policial nos comboios

A polícia interveio 20 vezes no interior de carruagens dos comboios dos CFL, entre 1 de janeiro e 30 de novembro do ano passado.

A falta de título de transporte válido ou de documento de identificação está na origem da maior parte das intervenções, que envolveram inúmeros migrantes e requerentes de asilo.

Segundo dados revelados pelo ministro da Segurança Interna e da Mobilidade, François Bausch, em resposta a uma pergunta parlamentar do deputado do ADR, Fernand Kartheiser, a maior parte das infrações aconteceu em percursos ferroviários que culminavam na cidade do Luxemburgo.

Questionado sobre a eventual necessidade de reforçar a presença policial nos comboios, François Bausch afirmou que as autoridades intervêm sempre que há incidentes, além das operações preventivas, realizadas em colaboração com a Administração Aduaneira e os Caminhos de Ferro do Luxemburgo (CFL).

No entanto, o ministro confirmou que os CFL se viram forçados a aumentar o número de equipas de segurança privadas nos comboios. Uma das prioridades é reforçar a presença policial nos transportes públicos.

Susy Martins