Escolha as suas informações

Ministra da Saúde. "Há reservas de sangue suficientes no Luxemburgo"
Luxemburgo 28.10.2020

Ministra da Saúde. "Há reservas de sangue suficientes no Luxemburgo"

Ministra da Saúde. "Há reservas de sangue suficientes no Luxemburgo"

Foto:Lex Kleren/Luxemburger Wort
Luxemburgo 28.10.2020

Ministra da Saúde. "Há reservas de sangue suficientes no Luxemburgo"

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
Garantia foi dada pela ministra da Saúde, Paulette Lenert, numa resposta parlamentar.

Numa resposta parlamentar à deputada do CSV, Martine Hansen, a ministra da Saúde garantiu que "não há escassez de reservas de sangue no Luxemburgo". 

A gestão do fornecimento de sangue no Luxemburgo é da responsabilidade do Centro de Sangue da Cruz Vermelha. No final das férias de verão, a Cruz Vermelha Luxemburguesa lançou um apelo à doação devido à diminuição das reservas. 

Com o regresso das férias e do trabalho, o centro tem registado mais doações , sendo que as reservas estão asseguradas, assegurou Lenert na resposta a Hansen. A Cruz Vermelha faz campanhas regulares para encorajar a população - e os jovens, em particular - a doar sangue, acrescentou a ministra.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Jornal C_ntact_ muda de nome no Dia Mundial do Dador de Sangue
O jornal Contacto muda de nome por um dia, associando-se à campanha da Cruz Vermelha luxemburguesa no Dia Mundial do Dador de Sangue, que se assinala hoje. Intitulada "Imagine um mundo sem A, B e O", a campanha alerta para a escassez de dadores de sangue, comparando o desaparecimento das vogais na escrita com a falta destes tipos de sangue.
Apelo: Cruz Vermelha pede dadores de sangue com urgência
A Cruz Vermelha do Luxemburgo está a precisar urgentemente de sangue e lança um apelo a dadores para darem sangue antes do próximo sábado, dia 10 de Junho. Com os bancos de sangue do país a ficarem desfalcados, a Cruz Vermelha luxemburguesa pede ajuda para manter os ‘stocks’ abastecidos.