Escolha as suas informações

Milhares em protesto no Luxemburgo contra o racismo
Luxemburgo 9 05.06.2020

Milhares em protesto no Luxemburgo contra o racismo

Milhares em protesto no Luxemburgo contra o racismo

Luxemburgo 9 05.06.2020

Milhares em protesto no Luxemburgo contra o racismo

Madalena QUEIRÓS
Madalena QUEIRÓS
Milhares de pessoas concentraram-se em frente à embaixada dos Estados Unidos no Luxemburgo para protestar contra o violento assassinato de George Floyd.


A "manifestação pela justiça" levou milhares de pessoas a manifestar-se frente à embaixada dos EUA, na capital do Luxemburgo, apesar da chuva que se fazia sentir. 

"Black lives matter", "I can’t breathe", "no justice, no peace": foram algumas das palavras de ordem gritadas pelos manifestantes, replicando assim o protesto que se fez ouvir em várias cidades do mundo contra o assassinato de George Floyd.

Durante a manifestação foi dedicado um minuto de silêncio à  memória de George Floyd. Tal como nos outros protestos os manifestantes ajoelharam-se frente à embaixada norte-americana.

A estudante luso-descendente, Vanessa Delgado, 20 anos, estudante de Biologia na Universidade do Luxemburgo foi uma das participantes. Veio para protestar contra o assassinato, mas também porque já se sentiu "discriminada no Luxemburgo". Também Frederica e Sofia, estudantes de 14 anos, vieram para protestar  "contra a injustiça" que se vive nos EUA. 

"A voz humana tem o poder de mudar a história" declarou ao Contacto Jennifer Oldeng, uma das organizadoras da manifestação, que nunca pensou "ter uma tão grande participação neste protesto". A organização saudou todos os manifestantes, sublinhando as centenas de jovens que participaram na manifestação.

Já o embaixador dos EUA, no Luxemburgo,  J. Randolph Evans, agradeceu "o protesto pacífico. "Como americanos, temos e vamos continuar os esforços individuais e como nação para trabalhar com o objetivo de uma união mais perfeita, respeitando o compromisso que temos na nossa constituição de igualdade", declarou o representante dos EUA no Luxemburgo.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas