Escolha as suas informações

Mais de um milhão de cigarros apreendidos pela alfândega luxemburguesa
Luxemburgo 21.08.2015 Do nosso arquivo online
Mercado negro

Mais de um milhão de cigarros apreendidos pela alfândega luxemburguesa

Mercado negro

Mais de um milhão de cigarros apreendidos pela alfândega luxemburguesa

Foto: Serge Waldbillig
Luxemburgo 21.08.2015 Do nosso arquivo online
Mercado negro

Mais de um milhão de cigarros apreendidos pela alfândega luxemburguesa

As autoridades alfandegárias do Luxemburgo apreenderam esta semana 1 milhão e 130 mil de cigarros, que estavam a ser transportados ilegalmente da Bielorrússia para o Reino Unido.

As autoridades alfandegárias do Luxemburgo apreenderam esta semana 1 milhão e 130 mil de cigarros, que estavam a ser transportados ilegalmente da Bielorrússia para o Reino Unido.

O carregamento de cigarros foi declarado como se fosse massa com origem numa pequena aldeia alemã perto da fronteira polaca. A carga tinha uma paragem prevista no Luxemburgo, antes de seguir viagem para o Reino Unido. 

Este itinerário nada habitual alertou as autoridades alfandegárias luxemburguesas quando mandaram encostar o camião numa banal operação-stop. Ao controlaram o carregamento do pesado, descobriram o material candestino.

Os cigarros foram comprados por 1,50 euros na Bielorrússia e destinavam-se a ser vendidos cinco vezes mais caros no mercado negro no Reino Unido. O Estado britânico teria perdido cerca de 450 mil euros em taxas de importação e impostos indirectos caso estes produtos tivessem chegado ao mercado.

O código penal prevê uma multa de mais de dois milhões de euros para este tipo de fraude.


Notícias relacionadas

Segundo dados do Eurostat, avançados um dia depois de ter sido assinado o acordo de livre comércio entre a União Europeia e o Canadá (CETA), as importações do Luxemburgo deste país norte-americano foram superiores às exportações.
O Luxemburgo compra mais ao Canadá do que aquilo que vende.