Escolha as suas informações

Mais de 137 mil alunos regressam às aulas
Luxemburgo 14.09.2016 Do nosso arquivo online
Ano lectivo 2016-2017

Mais de 137 mil alunos regressam às aulas

As escolas públicas abrem as portas esta quinta-feira
Ano lectivo 2016-2017

Mais de 137 mil alunos regressam às aulas

As escolas públicas abrem as portas esta quinta-feira
Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 14.09.2016 Do nosso arquivo online
Ano lectivo 2016-2017

Mais de 137 mil alunos regressam às aulas

Até ao final da semana, 137.758 alunos regressam às aulas no Luxemburgo, dos quais 48.176 ingressam esta quinta-feira, 15 de Setembro, no ensino fundamental, de acordo com os números divulgados esta terça-feira pelo Ministério da Educação Nacional.

Até ao final da semana, 137.758 alunos regressam às aulas no Luxemburgo, dos quais 48.176 ingressam esta quinta-feira, 15 de Setembro, no ensino fundamental, de acordo com os números divulgados esta terça-feira pelo Ministério da Educação Nacional.

Também esta semana, 40.892 alunos do ensino secundário clássico e técnico voltam às aulas: 37.193 em escolas públicas e 3.699 em escolas privadas.

Este ano estão matriculados 12.037 alunos no clássico (mais 163 do que no ano passado) e 24.537 no técnico (menos 48).

Fonte: MNE

O liceu técnico de Bonnevoie, na capital, é a escola do ensino pós-primário com mais alunos (2.004), com mais um do que o liceu técnico Mathias Adam (2.003) e mais 82 alunos do que o liceu clássico de Diekirch (1.922).

No início do mês algumas escolas privadas começaram as aulas, mas as escolas públicas abrem as portas no dia 15 de Setembro.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Claude Meisch em exclusivo ao CONTACTO
O ministro da Educação do Luxemburgo garantiu esta manhã, em entrevista exclusiva ao CONTACTO, que afinal os cursos integrados de português vão continuar nas escolas da cidade. Claude Meisch garante ao CONTACTO que "este ano, os cursos vão abrir na maior parte das escolas de Differdange".
O ministro da Educação, Claude Meisch, esta manhã, durante a apresentação do novo ano lectivo 2014/1015