Escolha as suas informações

Mais de 11.400 ‘novos’ luxemburgueses em 2019
Luxemburgo 03.02.2020 Do nosso arquivo online

Mais de 11.400 ‘novos’ luxemburgueses em 2019

Mais de 11.400 ‘novos’ luxemburgueses em 2019

Foto: Lex Kleren
Luxemburgo 03.02.2020 Do nosso arquivo online

Mais de 11.400 ‘novos’ luxemburgueses em 2019

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Os portugueses são a quarta comunidade que mais obteve o passaporte luxemburguês.

O Luxemburgo atribuiu em 2019 a nacionalidade a cerca de 11.450 cidadãos estrangeiros, menos 335 do que em 2018.

A maioria dos cidadãos – cerca de cinco mil – obteve o passaporte luxemburguês através do mecanismo de recuperação de nacionalidade, atribuída a quem tem antepassados luxemburgueses nascidos antes de 1900. É o que revelam os dados publicados esta segunda-feira pelo Ministério da Justiça.

Os restantes 6.400 obtiveram o passaporte através dos processos de naturalização, opção e direito de solo da primeira geração.

Por nacionalidades, os franceses foram, em 2019, os que mais obtiveram o passaporte luxemburguês: 2.466 cidadãos, seguidos pelos brasileiros (2.117), belgas (1.335) e portugueses (1.067).

O Brexit – saída do Reino Unido da União Europeia, concretizada a 31 de janeiro de 2020 – teve algum impacto nos pedidos dos residentes do Reino Unido: 431 britânicos adquiriram o passaporte luxemburguês, praticamente o mesmo número do ano passado.


Notícias relacionadas

Nacionalidade luxemburguesa foi atribuída a 2.260 portugueses
A nacionalidade luxemburguesa foi atribuída a 2.260 portugueses em 2018. Do total, 1.593 portugueses obtiveram o passaporte através dos processos de naturalização, opção ou recuperação da nacionalidade. Os restantes 667 obtiveram a nacionalidade através do direito do solo da primeira geração.
Malu Mader pede passaporte luxemburguês. E não é a única
Malu Mader, que os portugueses conhecem das telenovelas brasileiras, pediu este mês a cidadania luxemburguesa. Não é caso único. A atriz é uma das descendentes do luxemburguês Nicolas Bley, pioneiro da emigração luxemburguesa para o Brasil, em 1828. Centenas de brasileiros que descendem de luxemburgueses estão a pedir o passaporte do Grão-Ducado, ao abrigo de uma disposição que chega ao fim este ano. A mulher que acendeu o rastilho chama-se Flavia Bley e já ajudou mais de uma centena de famílias a conseguir o cobiçado passaporte.