Escolha as suas informações

Luxemburgo vai ter centros de vacinação anti-covid para "vacinar mais rapidamente"
Luxemburgo 23.11.2020

Luxemburgo vai ter centros de vacinação anti-covid para "vacinar mais rapidamente"

Luxemburgo vai ter centros de vacinação anti-covid para "vacinar mais rapidamente"

Foto: AFP
Luxemburgo 23.11.2020

Luxemburgo vai ter centros de vacinação anti-covid para "vacinar mais rapidamente"

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
O Governo vai criar estruturas onde as pessoas se possam vacinar mais cedo do que no médico, foi hoje anunciado. "Não podemos perder tempo", vincou Xavier Bettel. A estratégia de vacinação está a ser ultimada.

"Estamos conscientes que é necessário vacinar a população o mais rapidamente possível", "não podemos perder tempo", declarou esta tarde o primeiro-ministro Xavier Bettel.  A estratégia de vacinação para o país já está numa "fase avançada" e a ministra da Saúde espera que até ao final da semana esteja na fase final. Para ser apresentada ao Conselho do Governo e depois à população, vincou Paulette Lenert.

Para já, o Governo aguarda as recomendações do Conselho de Ética que são "primordiais", para o primeiro-ministro. "Uma coisa é a chegada das vacinas ao país, de seguida, vacinar a população é outra coisa", explica o chefe do executivo que juntamente com Paulette Lenert anunciou a criação de estruturas específicas para a vacinação anti-covid.

"Vão existir centros de vacinação", locais onde as pessoas "poderão ser vacinadas mais rapidamente do que no seu médico", anunciou a ministra da Saúde. Xavier Bettel referiu que a implementação desses locais está a ser já estudada e que todos os outros ministros estão implicados também na escolha destas infraestruturas.

Primeiras 45 mil doses já em dezembro

As primeiras 45 mil doses de vacina anti-covid estão previstas chegar ao Luxemburgo em meados de dezembro, como disse na semana passada Xavier Bettel, com base nas informações do Conselho Europeu.


Covid-19. Primeiras vacinas chegam ao Luxemburgo em meados de dezembro
“Nessa altura, devem chegar ao Luxemburgo um lote de 45.000 doses da vacina contra a covid-19”, revelou Xavier Bettel.

Quem será vacinado primeiro? Quais as pessoas consideradas prioritárias? Estas são para Xavier Bettel questões essenciais na estratégia de vacinação.

Como declarou na semana passada, "é preciso mais do que uma dose de vacina para uma pessoa ficar imune ao novo coronavírus. Daí ser essencial estabelecer um plano com os grupos de pessoas prioritárias para receber a vacina contra a covid-19".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas