Escolha as suas informações

Luxemburgo. Um terço dos residentes em lares de idosos já foi infetado pela covid-19
Luxemburgo 2 min. 10.04.2021

Luxemburgo. Um terço dos residentes em lares de idosos já foi infetado pela covid-19

Luxemburgo. Um terço dos residentes em lares de idosos já foi infetado pela covid-19

Luxemburgo 2 min. 10.04.2021

Luxemburgo. Um terço dos residentes em lares de idosos já foi infetado pela covid-19

Redação
Redação
Dos 6400 residentes em lares de terceira idade no país, 1900 já testaram positivo ao vírus da pandemia, noticia a RTL. Das 52 instituições, 11 tiveram mais de 50% de infeções. Veja quais são.

Do total de 52 lares de terceira idade a funcionar no Luxemburgo apenas um não teve um único caso de infeção. E em três houve mais de 70% de residentes infetados desde o início da epidemia no país.

Os dados são do Ministério da Família e são apresentados na notícia da RTL online. Do total de 6400 residentes nestas estruturas de acolhimento, 1900 já testaram positivo ao SARS-CoV-2, o que significa que cerca de um terço destes idosos já estiveram infetados.

Na lista divulgada pela RTL com os casos de infeção por cada lar de idoso, apenas o Hospice civil de Echternach esteve até agora livre do vírus, não tendo nenhum dos seus 57 residentes sido infetado.

Do lado oposto, o lar servidor "Beim Klouschter", em Howald e a Résidence du Parc Ronnwiss, em Rodange foram os mais afetados pela pandemia. Ambos já tiveram mais de 70% de infeções entre os seus residentes. Dos 120 residentes do lar em Howald, 87 idosos já estiveram contaminados (72,5%), e das 42 camas da residência em Rodange, 30 residentes testaram positivo (71,4%), indica a lista de casos de infeção por lar elaborada pela RTL com base em dados do Ministério da Família reunidos até ao passado dia 30 de março. Aqui o número total de residentes é dado por número de camas.


OGBL pede testes antigénios rápidos para lares de idosos
Segundo a central sindical OGBL, se os lares tivessem sido considerados prioritários na distribuição de testes antigénios rápidos “alguns dos focos de covid e mortes de idosos nas últimas semanas poderiam ter sido evitados”.

Com mais de 60% de infeções 

Com mais de 60% de casos de infeção entre os residentes encontram-se os lares Servior "Um Lauterbann", em Niedercorn. Dos 154 residentes 107 já foram contaminados (69,5%), o Servior "Thillebierg" com 54 residentes infetados entre os 86 que ali vivem (62,8%) , o Servior "Op der Léier", em Esch/Alzette, onde houve 105 casos de infeção entre os 168 residentes (62,5%), e o Steinfort Intercommunal Hospital, em Steinfort. Neste lar já testaram positivo ao novo coronavírus 32 dos 52 residentes.


Kayl. Surto em lar de idosos faz nove mortes
E 38 pessoas testaram positivo para a covid-19 no lar Vitalhome, em Kayl.

Mais de 50% de casos de infeção

Em outros cinco lares mais de metade dos residentes já estiveram contaminados. É o caso do Seniorie St. Jean de la Croix, na capital, com 55 infeções entre os 92 residentes (59,8%), do Lar para idosos St. François onde 65 dos 115 residentes já foram infetados (56,5%), o Hospice du Pfaffenthal, na capital, onde 57 dos 101 residentes testaram positivo (56,4%), a Casa de repouso "Am Schmëttbësch", em Schifflange, 52 infetados entre os 103 residentes (50,5%) e a Résidence Bel-Âge, em Esch/Alzette que conta já com 23 casos de infeção entre 46 residentes (50,0%).


324 pessoas morreram nos lares desde o início da pandemia
O número representa pouco menos de metade dos 719 mortos, no total, no Luxemburgo.

Mais de 300 mortes

 Desde o início da pandemia da covid-19 já morreram 324 pessoas nos lares de idosos do Luxemburgo. O número representa pouco menos de metade dos 719 mortos no total no país até à data. A informação foi divulgada pela ministra da Família, Corinne Cahen a 23 de março de 2021. No total até ao dia 9 de abril faleceram 763 pessoas no país.  Só no lar de idosos "Um Lauterbann", em Niederkorn, morreram 22 pessoas devido a um surto detetado a 17 de fevereiro.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas