Escolha as suas informações

Luxemburgo testa nova análise ao coronavírus que 'substitui' a vacina
Luxemburgo 2 min. 29.03.2020

Luxemburgo testa nova análise ao coronavírus que 'substitui' a vacina

Luxemburgo testa nova análise ao coronavírus que 'substitui' a vacina

Foto: AFP
Luxemburgo 2 min. 29.03.2020

Luxemburgo testa nova análise ao coronavírus que 'substitui' a vacina

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
Enquanto não se consegue colocar no mercado um método que previna a doença, estes testes de sangue são tidos como a "melhor arma" contra a covid-19.

A partir desta semana, o Luxemburgo começa a realizar um novo teste médico que poderá 'salvar' a população e o país desta crise sanitária. 

Até se conseguir obter uma vacina eficaz, o que ainda levará alguns meses, estes novos testes ao sangue são tidos como a grande aposta para combater o novo coronavírus, como explicou ao Contacto Jöel Mossong, chefe do departamento de epidemiologia do Laboratório Nacional de Saúde do Luxemburgo (LNS).  

"Trata-se de testes sorológicos que revelam se a pessoa que já esteve infetada ou em contacto com o novo coronavírus desenvolveu anticorpos contra a doença Covid-19", conta este especialista (ver entrevista na próxima edição do Jornal Contacto).

 Se já tiver imunidade pode voltar à sua vida normal pois não representa um risco: não vai ser contaminada, nem vai contagiar outras pessoas.

"No entanto, estes testes são muito novos, e primeiro temos de os testar para perceber se funcionam e são fiáveis", vinca o epidemiologista do LNS sublinhando que o objetivo é serem realizadas no final do confinamento estabelecido pelo governo.


T
Luxemburgo é dos países que mais aposta em testes para despistar Covid-19
Em comparação e em proporção com o resto do mundo, o Luxemburgo está entre os países que mais testes realizam para diagnosticar os despistar a infeção pelo novo coronavírus.

Os testes de diagnóstico já existentes e que estão a ser realizados à população devem ser acompanhados pelo desenvolvimento destes testes serológicos para se estimar a proporção de pessoas que desenvolveram uma imunidade após o contacto com o novo coronavírus, adiantou o responsável pelo departamento de epidemiologia do LNS.

Aplicados numa amostra da população

E é isso mesmo que as autoridades luxemburguesas vão colocar em prática para a semana. Vão começar a testar estas novas análises ao sangue numa amostra da população, anunciou a ministra da Saúde, Paulette Lenert no sábado. Para conseguirem obter a 'fórmula' certa desta análise ao sangue e que ela fique pronta a ser usada eficazmente na próxima fase da epidemia, a seguir ao isolamento da população.


Covid - 19. Número de mortes no Luxemburgo sobe para 15
O Luxemburgo regista hoje 15 mortes associadas à Covid-19, mais seis óbitos nas últimas 24 horas.

No entanto, ainda poderá demorar até a medida do confinamento ser levantada no Luxemburgo, como têm frisado os membros do governo.  Até sábado, dia 29, foram detetadas 1.650 infeções com coronavírus, dos quais 1.435 residentes e 170 transfronteiriços. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas