Escolha as suas informações

Luxemburgo segundo país com maior crescimento na União Europeia
Luxemburgo 10.07.2020

Luxemburgo segundo país com maior crescimento na União Europeia

Luxemburgo segundo país com maior crescimento na União Europeia

Luxemburgo 10.07.2020

Luxemburgo segundo país com maior crescimento na União Europeia

Bruno Amaral de Carvalho
Bruno Amaral de Carvalho
Portugal teve em 2019 a quinta menor taxa de natalidade (8,4 nascimentos por mil habitantes) enquanto o Luxemburgo registou 10 nascimentos por mil habitantes, segundo dados divulgados esta sexta-feira pelo Eurostat.

De acordo com o gabinete estatístico europeu, foram registados 4,2 milhões de nascimentos na UE durante o ano passado, um recuo de 2,2% face a 2018. A Irlanda (12,1 por mil habitantes) teve a maior taxa de natalidade, seguindo-se a França (11,2 por mil), a Suécia (11,1), o Chipre (10,9) e a Grécia (10,6).

No outro extremo da tabela, com as menores taxas de natalidade estão Itália (7,0 por mil habitantes), Espanha (7,6), Grécia (7,8), Finlândia (8,3) e Portugal (8,4 por mil habitantes). Já o Luxemburgo registou 10,0 nascimentos por mil habitantes.

O Luxemburgo foi o segundo país em que a população mais cresceu (19,7%) e foi o terceiro país com mais nascimentos do que mortes com um saldo positivo de 3,1. Portugal registou um saldo negativo de -2,5.

Em 2020, a população da UE estima-se em 447,7 milhões de habitantes, um recuo de 12,8% face aos 513,5 de 2019 que se explica com a saída do Reino Unido do bloco europeu, a 31 de janeiro. O Luxemburgo tinha em janeiro de 2019 613.900 habitantes e em janeiro de 2020 626.100. A população em Portugal atingia no ano passado 10 276.600 e no início deste ano 10 295.900 habitantes.

A variação natural da população da UE é negativa desde 2012, com mais mortes do que nascimentos, tendo, em 2019, sido registados 4,7 milhões de óbitos e 4,2 milhões de nascimentos. O gabinete estatístico europeu divulga estes dados no âmbito do Dia Mundial da População, que se assinala no sábado.

Com Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Portugal e Luxemburgo são campeões no consumo de fruta e de vegetais
Portugal é o segundo país da União Europeia (UE) em que a população mais come fruta diariamente, ocupando também o quarto lugar no que toca ao consumo diário de legumes, acima da média comunitária. O Luxemburgo está também bastante acima da média europeia, ocupando o quinto lugar em relação à percentagem da população que como fruta diariamente e o mesma posição em relação à população que consome diarimente legumes.