Escolha as suas informações

Luxemburgo. Radar-semáforo 'aplica' mais de mil multas num só mês
Luxemburgo 3 25.08.2021
Place d'Étoile

Luxemburgo. Radar-semáforo 'aplica' mais de mil multas num só mês

Place d'Étoile

Luxemburgo. Radar-semáforo 'aplica' mais de mil multas num só mês

Foto: Guy Jallay/Luxemburger Wort
Luxemburgo 3 25.08.2021
Place d'Étoile

Luxemburgo. Radar-semáforo 'aplica' mais de mil multas num só mês

O primeiro radar-semáforo do país 'apanhou' 582 condutores a passarem com o vermelho, 476 em excesso de velocidade e 36 a cometer as duas infrações ao mesmo tempo, desde 23 julho.

É o primeiro radar com ligação direta ao semáforo do país, situa-se na Place d'Étoile e fotografa todas as viaturas que não respeitem o sinal vermelho e que excedam o limite de velocidade. Depois os condutores são multados.

Começou a funcionar a 23 de julho e no primeiro mês de serviço foi ativado 1.058 vezes por condutores em infração, noticia o Luxemburger Wort. E, isto, em pleno agosto, mês de férias.

Deste total de infrações, 582 condutores não respeitaram o sinal vermelho, e 476 excederam o limite de velocidade, de 50 km/h, naquela zona. Houve 36 condutores que cometeram as duas infrações em simultâneo.

Em caso de passagem com o semáforo laranja (em que é recomendado parar se possível) a multa é de 49 euros e em caso de passagem com o vermelho a multa é de 145 euros, com perda de dois na carta de condução. 

Nas infrações de excesso da velocidade máxima, de 50 km/h no local, a multa vai de 49 euros (entre os 51 a 65 km/h) a 145 euros (entre 65 e 75 km/h), com perda de dois pontos na carta de condução. Se a velocidade ultrapassar os 75 km/h é considerado "delito de grande velocidade" e dá direito à perda de 4 pontos na carta de condução.    

A escolha do local de instalação do primeiro-radar semáforo, na Place d'Étoile deveu-se ao facto de ali ser "um cruzamento particularmente sensível dada a passagem regular do elétrico". 


Radar-semáforo da capital em funcionamento a partir de 23 de julho
Multas vão de 49 a 145 euros.

Nos quatro meses da fase de testes deste primeiro radar-semáforo, de outubro e janeiro, registaram-se um total de 6.432 infrações por não respeito ao sinal vermelho e 3.816 por excesso de velocidade, lembra o Wort.

 Num futuro próximo já está prevista a instalação de outros aparelhos idênticos noutros locais.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas