Escolha as suas informações

Luxemburgo. Pessoas com sintomas leves de covid-19 passam a ser testadas
Luxemburgo 31.03.2020 Do nosso arquivo online

Luxemburgo. Pessoas com sintomas leves de covid-19 passam a ser testadas

Luxemburgo. Pessoas com sintomas leves de covid-19 passam a ser testadas

Foto: AFP
Luxemburgo 31.03.2020 Do nosso arquivo online

Luxemburgo. Pessoas com sintomas leves de covid-19 passam a ser testadas

Novas medidas surgem para ajudar a restringir a propagação do vírus.

Quem apresentar quaisquer sintomas relacionados com a covid-19 deverá realizar o teste de despiste da doença. Estas são as novas recomendações do Ministério da Saúde luxemburguês, adiantadas esta terça-feira.

Até à data, apenas os pacientes com sintomas graves, como dificuldades respiratórias, tosse e febre tinham sido testados. Mas agora, segundo as novas indicações, qualquer pessoa com dor de garganta, dor de cabeça ou constipação, pode ser autorizada a fazer o teste para o novo coronavírus.  


Covid-19. No Luxemburgo é possível fazer o teste sem sair do carro
O Luxemburgo tem três centros de "drive-in" onde é possível fazer o teste de despistagem da Covid-19. Sem sair do carro.

O Ministério recomenda ainda que seja realizado o a todas as pessoas que tenham entrado em contato (por mais de 15 minutos e sem roupas de proteção) com uma pessoa confirmada como portadora da covid-19. 


 Quaisquer fatalidades de hospitais ou casas de repouso, que tenham apresentado sintomas antes da sua morte, serão testadas como parte de um exame post-mortem


Um dos centro de cuidados avançados, na LuxExpo, em Kirchberg.
Luxemburgo. Suspeita estar infetado(a) com a covid-19? Saiba como funcionam os novos centros
Só na cidade do Luxemburgo, o novo centro de cuidados avançados tem capacidade para atender 1500 doentes por dia.

As recomendações revistas foram concebidas para ajudar na investigação do vírus, bem como para aumentar a eficácia da restrição da sua propagação. Já foram testadas 17.511 pessoas no Luxemburgo desde o primeiro caso confirmado no país, a 29 de fevereiro.

O Luxemburgo registou esta terça-feira 23 mortes associadas à covid-19 e 2.178 casos de infeção confirmados. Nas últimas 24 horas houve mais um óbito e 190 novos infetados.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Esta será uma das grandes dúvidas dos pais, sobretudo dos mais pequenos, nos próximos meses, por causa dos sintomas semelhantes. Duas pediatras especializadas, do Kannerklinik, Luxemburgo, e do Hospital de Santa Maria, Portugal, dão a resposta e os conselhos mais importantes.