Escolha as suas informações

Luxemburgo perdeu 97% dos passageiros na pandemia
Luxemburgo 16.10.2020 Do nosso arquivo online

Luxemburgo perdeu 97% dos passageiros na pandemia

Luxemburgo perdeu 97% dos passageiros na pandemia

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 16.10.2020 Do nosso arquivo online

Luxemburgo perdeu 97% dos passageiros na pandemia

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O aeroporto de Findel perdeu mais de um milhão de passageiros, comparando com o movimento do ano passado.

O Luxemburgo perdeu 97% de passageiros no segundo trimestre, em plena pandemia, quando comparado com igual período do ano passado. De acordo com o gabinete europeu de estatística, Eurostat, no segundo trimestre passaram pelo aeroporto do Findel apenas 37.270 passageiros, quando nesse mesmo perído de 2019 tinha registado 1.185,171 passageiros. Feitas as contas, perdeu 1.147,901 passageiros.

Luxemburgo, Portugal (-97%), Espanha (-99%), Alemanha (-97%) e França (-97) fazem parte dos 19 Estados-membros da União Europeia com perdas superiores a 96% dos passageiros devido ao fortíssimo impacto da pandemia no setor da aviação, sobretudo nos meses de abril e junho.Já na comparação com o primeiro trimestre de 2020 (713.491 passageiros), o Luxemburgo perdeu 676 mil passageiros entre abril e junho. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O preço da habitação no Luxemburgo voltou a registar um aumento acima da média europeia no segundo trimestre do ano, de acordo com dados do Gabinete de Estatísticas da União Europeia (Eurostat).
Portugal registou, no segundo trimestre do ano, a segunda maior subida da taxa de emprego entre os Estados-membros da União Europeia, com um crescimento de 0,9% face ao trimestre anterior, revelam dados hoje divulgados em Bruxelas pelo Eurostat.
A subida do emprego é um bom sinal para Portugal