Escolha as suas informações

Luxemburgo não tem casos de trombose ligados à vacina AstraZeneca
Luxemburgo 16.03.2021 Do nosso arquivo online

Luxemburgo não tem casos de trombose ligados à vacina AstraZeneca

Luxemburgo não tem casos de trombose ligados à vacina AstraZeneca

Foto: AFP
Luxemburgo 16.03.2021 Do nosso arquivo online

Luxemburgo não tem casos de trombose ligados à vacina AstraZeneca

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O Luxemburgo não regista até ao momento qualquer caso de trombose associado às vacinas AstraZeneca.

A garantia é da ministra da Saúde, Paulette Lenert, e foi dada em resposta a uma questão parlamentar apresentada pelos deputados Claude Wiseler e Martine Hansen, do CSV.

O Luxemburgo suspendeu o fármaco ontem à noite, por precaução, devido à morte de um paciente na Noruega e aos efeitos secundários registados em outros pacientes na Europa, como o risco de coagulação sanguínea.

Na sua resposta aos deputados cristãos-sociais, a ministra esclarece ainda que os efeitos secundários associados à vacina AstraZeneca "são principalmente devido a casos de síndromes semelhantes à gripe, que normalmente ocorrem no espaço de 24 horas". 

Paulette Lenert refere que entre as reações mais comuns estão a febre alta, a dor muscular e a dor de cabeça, mas que até agora estes efeitos não foram mais significativos do que com as outras vacinas contra a covid-19.

A governante voltou a garantir na sua resposta parlamentar que "enquanto a avaliação da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) sobre possíveis riscos de efeitos colaterais graves causados pela vacina AstraZeneca não for concluída, o uso desta vacina está totalmente suspenso".

A responsável de comunicação do Ministério da Saúde, Monique Putz, disse hoje à Rádio Latina que essa suspensão deverá, em princípio, durar três dias, já que o Luxemburgo continua a aguardar a posição da EMA, na quinta-feira.

No entanto, a campanha de vacinação continua com os fármacos da Pfizer/BioNTech e da Maderna.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas