Escolha as suas informações

Luxemburgo. Min. da Educação deixa mensagem vídeo aos alunos fechados em casa
Luxemburgo 18.03.2020 Do nosso arquivo online

Luxemburgo. Min. da Educação deixa mensagem vídeo aos alunos fechados em casa

Luxemburgo. Min. da Educação deixa mensagem vídeo aos alunos fechados em casa

Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 18.03.2020 Do nosso arquivo online

Luxemburgo. Min. da Educação deixa mensagem vídeo aos alunos fechados em casa

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Desde segunda-feira que cerca de 150 mil alunos deixaram de ir às aulas no Grã-Ducado. Uma medida decretada pelo executivo para limitar a propagação do Covid-19.

"Ninguém sabe o que as próximas semanas e meses nos reservam. Mas mesmo assim temos de fazer os possíveis para que os exames de fim de ano no ensino secundário se realizem e que todos tenham as mesmas possibilidades de obter o tão desejado diploma". Foi com estas palavras que o ministro da Educação, Claude Meisch, se dirigiu esta quarta-feira aos alunos através de um vídeo publicado na conta do Ministério da Educação na plataforma YouTube. 

Desde segunda-feira que cerca de 150 mil alunos deixaram de ir às aulas. Uma medida decretada pelo governo para limitar a propagação do Covid-19. No entanto, a alguns meses dos exames surgem cada vez mais questões relativas às matérias que os alunos têm de estudar, uma vez que o programa escolar foi interrompido de forma abrupta.


Quase metade da população escolar mundial está sem aulas
Mais de 850 milhões de crianças e jovens em todo o mundo estão sem aulas devido às medidas de contenção para travar a propagação do novo coronavírus, anunciou a UNESCO.

No vídeo em luxemburguês, o ministro garante aos alunos que a "comissão responsável pelos exames está a elaborar novos questionários, unicamente com matéria que foi dada e estudada durante este ano letivo". Nesta situação inédita, Claude Meisch lança ainda o apelo aos jovens para que, através das novas tecnologias, se mantenham em contacto com os colegas de escola e com os professores, para esclarecer dúvidas.

A Rádio Latina contactou hoje o Ministério da Educação para saber se o estado de emergência, que vai durar três meses, implica o prolongamento do encerramento das escolas. Até ao momento não obteve resposta. O estado de emergência foi decretado esta terça-feira, 17 de março, no país por um período de pelo menos três meses. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas