Escolha as suas informações

Luxemburgo. Menos de 1% da população vacinada sofreu efeitos secundários
Luxemburgo 29.04.2021

Luxemburgo. Menos de 1% da população vacinada sofreu efeitos secundários

Luxemburgo. Menos de 1% da população vacinada sofreu efeitos secundários

AFP
Luxemburgo 29.04.2021

Luxemburgo. Menos de 1% da população vacinada sofreu efeitos secundários

Redação
Redação
Cerca de 154 mil doses da vacina contra a covid-19 foram administradas no Grão-Ducado e o Ministério da Saúde assegura que há apenas 1.125 relatos efeitos secundários e maioria não é grave.

A campanha de vacinação continua a avançar no Luxemburgo. Depois da ministra da Saúde, Paulette Lenert, falar sobre três casos de morte após a vacina, mesmo ainda sem a confirmação oficial entre uma relação causa/efeito, o Ministério da Saúde veio agora dar números concretos sobre os efeitos secundários da toma do fármaco contra a covid-19 no país. 

Desde o início da campanha de vacinação, há cerca de cinco meses, foram administradas cerca de 154 mil doses. Destas, há apenas relatos de 1.125 cenários de efeitos secundários. relatos de efeitos colaterais. "Portanto, menos de 1% das pessoas vacinadas apresentaram efeitos colaterais por causa da vacina", dizem as autoridades. 

Entre as situações relatadas, a percentagem de casos (89%) que eram apenas "sintomas transitórios" também é tranquilizadora. Falamos de febre, calafrios, dor leve, erupção cutânea, dores de cabeça, náuseas e sensações de tontura ou fadiga, que acabavam por desaparecer em pouco tempo.

O Ministério da Saúde não esconde, porém, que surgiram 116 casos de complicações significativas após a vacina, que resultaram "incapacidade para o trabalho ou invalidez". 

Há 13 pessoas atualmente a precisar de acompanhamento hospitalar por causa da vacina. 

  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas