Escolha as suas informações

Luxemburgo. Marcelo reeleito, Ventura a 51 votos de Ana Gomes
Luxemburgo 2 min. 25.01.2021

Luxemburgo. Marcelo reeleito, Ventura a 51 votos de Ana Gomes

Luxemburgo. Marcelo reeleito, Ventura a 51 votos de Ana Gomes

Foto: AFP
Luxemburgo 2 min. 25.01.2021

Luxemburgo. Marcelo reeleito, Ventura a 51 votos de Ana Gomes

Catarina OSÓRIO
Catarina OSÓRIO
Abstenção foi de 96,28%.

De acordo com os resultados finais divulgados esta segunda-feira pelo portal online do Ministério da Administração Interna portuguesa (MAI), Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito pela comunidade portuguesa no Grão-Ducado com 49,66% dos votos (808 votos). Ana Gomes foi a segunda candidata mais votada com 18,56% (302 votos). O que significa que se contassem apenas os votos do Luxemburgo, teria de ser disputada uma segunda volta entre os dois candidatos.

Em terceiro lugar ficou o candidato de extrema-direita André Ventura que obteve 15,43% dos votos (251), com menos 51 votos que Ana Gomes. Tiago Mayan (5,22%; 85) ficou à frente de Marisa Matias, com mais um voto (5,16%; 84). Mais abaixo, João Ferreira (3,07%) e Vitorino Silva (2,89%) foram os candidatos menos votados, com 50 e 47 votos respetivamente. Na eleição no Consulado, houve ainda nove votos em branco e 10 nulos.

Abstenção de 96,28%

Só 3,72% dos eleitores recenseados no Luxemburgo votaram nas eleições presidenciais deste domingo, o que significa uma abstenção de 96,28%. Em números absolutos, no total estavam inscritos nas listas de voto 44.265 eleitores, mas apenas 1.646 votaram no Consulado de Portugal. É mais do triplo daqueles que depositaram o seu voto nas últimas presidenciais. Em 2016, apenas 527 pessoas foram às urnas. 

O número de eleitores registados aumentou consideravelmente desde as últimas eleições, onde apenas estavam inscritos 2.027 pessoas nas listas (número atual é de 44.265). O aumentou deveu-se ao recenseamento automático, pelo que já era esperada uma subida na taxa de abstenção. 

No entanto, há um dado ainda por explicar: os dados davam conta de 50 mil inscritos nas listas de voto mas o site do MAI, dá conta de 44.265  eleitores inscritos no Luxemburgo. Questionado sobre esta disparidade nos números o Cônsul-Geral de Portugal no Luxemburgo, Manuel Gomes Samuel, afirmou ao Contacto por email que esta é uma "matéria que não é de modo algum da competência" do Consulado, mas sim um "assunto das autoridades eleitorais portuguesas".

Durante o ato eleitoral no sábado e no domingo um erro burocrático terá impedido entre 700 a 800 portugueses de votar no Luxemburgo. O dado avançado pelo conselheiro da Comunidade Portuguesa no país, João Verdades,  à Lusa foi desmentido esta tarde pelo Cônsul-Geral, Manuel Gomes Samuel, ao Contacto. Manuel Gomes indicou que "entre 160 a 180 cidadãos que não puderam votar", e não 800

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas