Escolha as suas informações

Luxemburgo. Lojas vão encerrar aos domingos durante os saldos
Luxemburgo 14.01.2021

Luxemburgo. Lojas vão encerrar aos domingos durante os saldos

Luxemburgo. Lojas vão encerrar aos domingos durante os saldos

AFP
Luxemburgo 14.01.2021

Luxemburgo. Lojas vão encerrar aos domingos durante os saldos

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
O ministro das Classes Médias voltou atrás e decidiu retirar a autorização da abertura das lojas nos domingos 24 e 31 de janeiro e 7 e 14 fevereiro. Por causa da pandemia.

Durante o período de saldos de inverno que começa a 20 de janeiro as lojas vão, afinal, estar encerradas aos domingos, contrariamente ao previsto. A nova decisão foi esta tarde anunciada pelo Ministério das Classes Médias em comunicado onde justifica a razão da “anulação” da permissão de manter abertas as lojas neste dia de fim de semana.

Assim sendo, os consumidores não vão poder aproveitar o domingo para ir aos saldos. Os estabelecimentos comerciais vão estar encerrados.

São estas as datas afetadas por esta nova decisão do ministro Lex Delles: “Domingo, 24 de janeiro de 2021, domingo, 31 de janeiro de 2021, domingo, 7 de fevereiro de 2021, e domingo, 14 de fevereiro de 2021, ou seja, todos os domingos durante o período de saldos de inverno de 2020/2021”, anuncia o comunicado.


Saldos de inverno arrancam a 20 de janeiro
Terminam a 17 de fevereiro.

Covid-19 é causa de encerramento

A razão deste recuo? A pandemia da covid-19.

O ministro Lex Delles justifica: “A pandemia da COVID-19 é um grande desafio sanitário e económico. A fim de proteger a saúde dos cidadãos e de conter a propagação da COVID-19, foi decidido retirar a autorização para as aberturas de domingo durante as vendas de Inverno de 2020/2021”.

Uma decisão tomada para “limitar as saídas não essenciais”, acrescenta o ministro explicando que tal acontece “especialmente durante o período de saldos” em que “muitos cidadãos se deslocam e passeiam” pelos estabelecimentos comerciais e grandes superfícies daí a necessidade “de limitar ainda mais as interações sociais”.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas