Escolha as suas informações

Luxemburgo. Infeções por covid-19 caíram 11% na última semana
Luxemburgo 2 min. 12.05.2022
Relatório semanal

Luxemburgo. Infeções por covid-19 caíram 11% na última semana

Relatório semanal

Luxemburgo. Infeções por covid-19 caíram 11% na última semana

Foto: Marc Wilwert/Luxemburger Wort
Luxemburgo 2 min. 12.05.2022
Relatório semanal

Luxemburgo. Infeções por covid-19 caíram 11% na última semana

Maria MONTEIRO
Maria MONTEIRO
Entre 2 e 8 de maio, houve 3.257 pessoas a testar positivo à doença, em comparação com as 3.641 da semana anterior.

A pandemia continua a desacelerar no Grão-Ducado, de acordo com os indicadores apresentados pelo Ministério da Saúde na retrospetiva semanal, divulgada esta quarta-feira.


França. Máscara deixa de ser obrigatória nos transportes públicos
A medida entra em vigor a 16 de maio e inclui o metro, autocarro, comboio, avião e táxi.

Entre 2 e 8 de maio, a taxa de positividade ao vírus diminuiu 11%, tal como o número de casos ativos, que passou de 8.251 a 1 de maio para 7.174. Esta descida estará, também, relacionada com a diminuição do número de testes PCR realizados, que passou de 12.848 para 10.763.

Também a idade média das pessoas diagnosticadas com a covid-19 baixou para 37,1 anos face aos 39,1 apontados pelas autoridades na semana anterior. O mesmo se aplica à idade média dos quatro pacientes que morreram com a doença, que passou de 84 para 78 anos.

No sentido inverso, o número de internados em enfermaria subiu de 14 para 16. Contudo, o número de camas ocupadas nos cuidados intensivos desceu de 2 para 1. A idade média dos doentes internados é de 60 anos.

No total, o número de pessoas que recuperaram da doença no país passou de 229.600 para 233.934.

Incidência diminui 35% nos maiores de 75 anos


Portugal. Média diária aumenta para os 14.400 casos de infeção
Desde meados do último mês, a média de casos a cinco dias tem vindo a aumentar no país.

Apesar do aumento da taxa de reprodução efetiva do vírus (0,82 para 0,98) e da taxa de positividade em todos os testes realizados (28,34% para 30,26%), a taxa de incidência continuou a cair e fixa-se nos 505 casos por 100 mil habitantes no período de sete dias abrangido, comparativamente aos 564 casos relatados na semana anterior.

Tal como no último relatório, este indicador diminuiu em todas as faixas etárias com exceção dos mais novos. Foi, aliás, assinalada uma subida de 10% entre os 0-14 anos. Pelo contrário, a maior descida foi registada nas pessoas com mais de 75 anos (35%), seguindo-se os adolescentes e jovens entre os 15 e 29 anos (17%). A menor taxa de incidência foi registada na faixa etária dos 60-74 anos.

78,7% da população tem vacinação completa

A principal fonte de contágio continua a ser o círculo familiar (38%), seguindo-se a educação (12%), lazer (8%), trabalho (5%) e viagens ao estrangeiro (5%). A percentagem de fontes indeterminadas continua a fixar-se nos 26%.


A Coreia do Norte fechou completamente as fronteira desde o início da pandemia, há mais de dois anos.
Coreia do Norte em confinamento após primeiro caso de covid-19 em mais de dois anos
O dirigente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, impôs um maior isolamento no país, devido ao primeiro caso de covid-19, desde o início da pandemia, há mais de dois anos, noticiou esta quinta-feira a imprensa oficial.

O Ministério da Saúde revela, ainda, que entre 2 e 8 de maio foram administradas 2.566 doses da vacinas contra a covid-19. Existem, agora, 473.198 pessoas com o esquema vacinal completo, o que mantém a taxa de vacinação nos 78,7% da população elegível.

Na semana passada, o Governo referiu que vai deixar de publicar o relatório diário sobre a situação epidemiológica no Luxemburgo a partir de 16 de maio, já que "a situação está estável a nível hospitalar".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas