Luxemburgo

Funcionários do Hotel Alfa protestam na rua

Foto: Joaquim VALENTE

Alguns antigos funcionários do Alfa Hotel, que encerrou em março, protestaram esta quarta-feira junto à unidade hoteleira, localizada à frente da Gare do Luxemburgo.

Mais Galerias

O hotel está encerrado desde o passado dia 15 de março após uma decisão judicial, devido a disputas entre os proprietários do edifício - um consórcio suíço – e o principal inquilino Rolphe Reding.

Os 76 funcionários do hotel foram afetados pelo encerramento e uma delegação de trabalhadores protestou hoje pela falta de pagamentos.

A maioria dos funcionários não recebeu qualquer ordenado desde que o hotel fechou. Em março, o patrão pagou o ordenado a 50 pessoas, mas desde então mais ninguém recebeu.

"Não tivemos qualquer discussão com o proprietário, não queremos ter problemas com o Sr. Reding, que ainda é nosso empregador. Se o novo proprietário quiser abrir em 1 de julho, estamos prontos para abrir. Se ele quiser, por exemplo, renovar os quartos, isso pode levar até 10 meses. Não sei o que nos poderia acontecer”, salientou o presidente da delegação de trabalhadores.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.