Escolha as suas informações

Luxemburgo envia seis drones de reconhecimento à Ucrânia
Luxemburgo 01.12.2022
Guerra

Luxemburgo envia seis drones de reconhecimento à Ucrânia

Edifício danificado na cidade portuária de Mariupol, no sudeste da Ucrânia, durante a invasão russa.
Guerra

Luxemburgo envia seis drones de reconhecimento à Ucrânia

Edifício danificado na cidade portuária de Mariupol, no sudeste da Ucrânia, durante a invasão russa.
Foto: AFP
Luxemburgo 01.12.2022
Guerra

Luxemburgo envia seis drones de reconhecimento à Ucrânia

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Os especialistas fazem uma comparação com a Bélgica e realçam que, apesar de ter um pequeno exército, o Luxemburgo forneceu mais equipamento militar à Ucrânia do que o país vizinho.

O Luxemburgo terá enviado seis drones de reconhecimento à Ucrânia. A informação foi publicada recentemente na rede social Twitter do grupo holandês de pesquisa de guerra Oryx.

Esta atualização de novas remessas de armas por parte do Luxemburgo inclui também o envio de 28 veículos táticos HMMWV, 20 metralhadoras pesadas M2 de 12,7 milímetros, 5.000 coletes à prova de bala, 5.000 capacetes, 470 óculos de visão noturna e 22.400 máscaras de gás.


François Bausch.
François Bausch acredita em cessar-fogo na Ucrânia a curto prazo
"Penso que o preço que a Rússia e a população russa pagam neste momento é muito elevado", disse o ministro da Defesa em entrevista esta terça-feira a um jornal inglês.

Os especialistas fazem uma comparação com a Bélgica e realçam que, apesar de ter um pequeno exército, o Luxemburgo forneceu mais equipamento militar à Ucrânia do que o país vizinho.

Desde o início da intervenção russa, o Luxemburgo foi um dos primeiros países a apoiar a Ucrânia, assegurando as comunicações por satélite à força de reação rápida da União Europeia (UE).


NATO diz que Putin tenta utilizar o inverno como "arma de guerra"
O secretário-geral da aliança, Jens Stoltenberg, disse ser essencial que "Putin não ganhe" esta guerra.

Seguiram-se o envio de equipamentos médicos, armas de defesa no valor de 75 milhões de euros, três milhões de euros em ajuda humanitária e acolhimento de quase 5.000 refugiados.

Além disso, o ministro da Defesa, François Bausch, garantiu que em 2023 o Exército do Luxemburgo vai fazer parte da missão de assistência e formação militar da UE para a Ucrânia.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas