Escolha as suas informações

Luxemburgo entre os países da UE com menos mortes por afogamento
Luxemburgo 14.08.2019

Luxemburgo entre os países da UE com menos mortes por afogamento

Luxemburgo entre os países da UE com menos mortes por afogamento

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 14.08.2019

Luxemburgo entre os países da UE com menos mortes por afogamento

Diana ALVES
Diana ALVES
Em 2016 houve quatro afogamentos mortais. Três das vítimas eram mulheres.

O Luxemburgo está entre os dez países da União Europeia (UE) com menos mortes por afogamento, de acordo com dados do Eurostat relativos a 2016.

Na comparação entre Estados-membros, o Grão-Ducado aparece na parte inferior da tabela com 0,7 mortes por cada 100 mil habitantes, longe das 6,5 registadas pela Lituânia, o país com mais mortes deste tipo. Os valores mais baixos foram registados em Itália, Malta e Portugal, os três com 0,4 mortes por 100 mil habitantes.

Em números absolutos, o Luxemburgo registou quatro afogamentos mortais em 2016. Três das vítimas eram mulheres.

No total, em 2016, 5.537 pessoas morreram desta forma no espaço comunitário. Segundo o gabinete europeu de estatística, o número tem vindo a cair desde 2013, ano que se registaram 6.090 afogamentos fatais.

Foto: AFP



Notícias relacionadas

Estudo: No Luxemburgo, uma pessoa morre vítima de traumatismo a cada 34 horas
Os traumatismos são a quarta causa de morte no Grão-Ducado e a primeira no caso de crianças e jovens, segundo o estudo Retrace, do Instituto de Saúde do Luxemburgo. Todos os anos morrem em média 261 pessoas devido a lesões infligidas de forma deliberada ou causadas por acidente, o que corresponde a uma morte a cada 34 horas, aponta o estudo, que analisou dados de 2002 a 2012.
Reportage sur les Urgences du CHEM - Esch