Escolha as suas informações

Luxemburgo. Enfermeira portuguesa foi a primeira a ser vacinada contra a covid-19
Luxemburgo 6 28.12.2020 Do nosso arquivo online

Luxemburgo. Enfermeira portuguesa foi a primeira a ser vacinada contra a covid-19

Luxemburgo. Enfermeira portuguesa foi a primeira a ser vacinada contra a covid-19

Photo: Chris Karaba
Luxemburgo 6 28.12.2020 Do nosso arquivo online

Luxemburgo. Enfermeira portuguesa foi a primeira a ser vacinada contra a covid-19

A enfermeira chefe Catarina Fernandes e o enfermeiro Kevin Nazzaro , ambos do CHL, vão ficar para a história do Luxemburgo como os primeiros residentes a receber a vacina contra a covid-19.

Uma nova fase importante contra a pandemia da covid-19 começa hoje no Luxemburgo, com o início da vacinação da população.

Catarina Fernandes é a enfermeira chefe do Serviço Nacional de Doenças infeciosas do Centre Hospitalier do Luxembourg (CHL), serviço que recebe os doentes de covid-19, uma infeção grave respiratória contagiosa. Esta enfermeira e o enfermeiro Kevin Nazzaro foram as primeiras pessoas no Grão-Ducado a receberem a vacina contra a covid-19.

Como em tantos outros países pelo mundo, o momento em que foram vacinados teve direito a fotografia e a ser notícia no País. 

A campanha de vacinação começou esta manhã no Hall Vitor Hugo e nesta primeira fase vai prolongar-se por mais dois dias, 29 e 30. Este novo centro de vacinação anti-covid irá administrar a vacina a cerca de 430 pessoas por dia. 


Momento histórico. Estas foram as primeiras pessoas a receber a vacina anti-covid na Europa
Em vários países da União Europeia, o início da vacinação contra a covid-19 representa um grande passo para o mundo regressar à normalidade. Veja quem foram os primeiros a ser vacinados pela Europa.

Na semana de 18 de janeiro, estas mesmas pessoas irão receber a segunda dose da vacina, dado que são necessárias duas doses da vacina da Pfizer/Biontech - a única disponível no País neste momento - para uma completa imunização.

O primeiro lote de 9.750 vacinas é destinado em primeiro lugar aos profissionais de saúde do Grão-Ducado. Eles constituem o grupo mais prioritário para receber a vacina. Cada hospital pode fazer marcações para 200 funcionários da sua equipe. Como a vacina é voluntária, cada pessoa tem de se inscrever para receber a única imunização que existe de momento para a infeção pelo vírus da covid-19.

No total, 4850 pessoas podem assim ser já vacinadas, isto porque são precisas duas doses por pessoa, como referido.


Bettel. O empenho dos profissionais de saúde "não conhece limites"
Na véspera de se iniciar a vacinação contra a covid-19 no País, o primeiro-ministro deixa uma mensagem de agradecimento aos profissionais de saúde, que serão os primeiros a receber a vacina segunda-feira.

A partir de dia 8 de janeiro, os hospitais irão começar também eles a vacinar os seus profissionais para que não tenham de se deslocar ao Hall Vitor Hugo.

Em janeiro, está previsto também começar a dar a vacina às pessoas idosas residentes nos lares e centros de cuidado de saúde seniores e aos seus funcionários. 


Luxemburgo começa hoje a administrar a vacina contra a covid-19
O primeiro lote de vacinas chegou no sábado ao Grão-Ducado.

Parte do processo de vacinação será realizado nos próprios estabelecimentos através da deslocação de postos móveis de vacinação com equipas de profissionais devidamente especializados.

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas