Escolha as suas informações

Luxemburgo e Bélgica reforçam presença militar da NATO na Lituânia
Luxemburgo 30.08.2018

Luxemburgo e Bélgica reforçam presença militar da NATO na Lituânia

Luxemburgo e Bélgica reforçam presença militar da NATO na Lituânia

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 30.08.2018

Luxemburgo e Bélgica reforçam presença militar da NATO na Lituânia

O Luxemburgo e a Bélgica reforçaram esta quarta-feira a presença militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN ou NATO, no acrónimo anglófono) na Lituânia com mais de 60 unidades de material bélico.

De acordo com as Forças Armadas da república báltica, citadas pelo jornal online russo Sputnik, o envio do material bélico teve lugar esta quarta-feira.

"Nesta quarta-feira, dia 29 de agosto, três comboios de equipamentos militares das forças armadas belgas e luxemburguesas decorados com a insígnia da Lituânia Vytis e bandeiras da OTAN vão conduzir um movimento do porto marítimo de Klaipeda para a estação avançada da OTAN em Rukla através das principais estradas terrestres: Klaipeda, Kaunas e Jonava", refere aquele jornal, citando as forças da Lituânia.

Além do material bélico, os dois países devem também reforçar a presença com o envio de forças militares. Da Bélgica partiram no sábado os primeiros elementos de uma companhia de infantaria de 250 homens. Do Luxemburgo, vai ser destacado brevemente um pelotão de reconhecimento composto por 28 soldados, como tinha sido anunciado pelo Ministério da Defesa no início ano.

A presença militar da NATO destina-se, essencialmente, a tranquilizar alguns países da região, que se sentem ameaçados, tais como a Estónia, a Letónia, a Lituânia e a Polónia.


Notícias relacionadas