Escolha as suas informações

Luxemburgo deu asilo a cerca de uma centena de pessoas em junho
Luxemburgo 15.07.2020

Luxemburgo deu asilo a cerca de uma centena de pessoas em junho

Luxemburgo deu asilo a cerca de uma centena de pessoas em junho

Foto: Pixabay
Luxemburgo 15.07.2020

Luxemburgo deu asilo a cerca de uma centena de pessoas em junho

Diana ALVES
Diana ALVES
O Luxemburgo concedeu o estatuto de refugiado a cerca de uma centena de pessoas em junho.

 É o número mais elevado desde o início do ano. No mês anterior, apenas 19 pessoas obtiveram asilo no país, ao passo que em abril, por exemplo, esse estatuto não foi atribuído a qualquer pessoa, de acordo com os novos dados da Direção da Imigração do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Feitas as contas, nos primeiros seis meses de 2020, um total de 242 migrantes obtiveram asilo no país, o que equivale a 40% das decisões tomadas pela Direção da Imigração este ano. Decisões que, na maior parte das vezes, dizem respeito a pedidos apresentados há vários meses, e não necessariamente a pedidos feitos no próprio mês.

Até porque, segundo os dados mais recentes, o número de pedidos de proteção internacional tem sido muito inferior ao habitual. Em junho, o Luxemburgo recebeu apenas 39 requerimentos, elevando para 443 o total de pedidos desde o início do ano. Em 2019, por esta altura, o país já tinha sido alvo de mais de mil pedidos.

Os novo boletim da Direção da imigração mostra também que o Luxemburgo repatriou três requerentes de asilo no mês de junho. Um cidadão iraquiano, um turco e um ucraniano tiveram de deixar o Grão-Ducado no mês passado por não terem autorização para permanecer no país.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Número de pedidos de asilo aumenta em março
O Luxemburgo recebeu 116 pedidos de asilo em março, representando mais 11 requerimentos do que no mês anterior, segundo os dados mensais publicados esta sexta-feira pela Direção da Imigração.