Escolha as suas informações

Luxemburgo. Casos positivos e ‘vacinados infetados’ aumentam
Luxemburgo 03.09.2021
Covid-19

Luxemburgo. Casos positivos e ‘vacinados infetados’ aumentam

Covid-19

Luxemburgo. Casos positivos e ‘vacinados infetados’ aumentam

Foto: AFP
Luxemburgo 03.09.2021
Covid-19

Luxemburgo. Casos positivos e ‘vacinados infetados’ aumentam

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Tal como esperado, os casos positivos de covid-19 estão a aumentar depois do período de férias de verão. A mais recente retrospetiva da semana, divulgada pelo Ministério da Saúde, dá conta de um aumento de 23%, entre a semana passada e a precedente.

Em números absolutos, foram registados 542 novos casos positivos entre 23 e 29 de agosto, contra 440 da semana de 16 a 22 de agosto. Entre os novos infetados, 114 pessoas têm vacinação completa, ou seja, mais cinco do que na semana precedente (109). 


A pediatra Isabel De La Fuente, da KannerKlinik, dá alguns conselhos aos pais.
"Haverá outra epidemia do vírus RSV entre as crianças mais novas"
A pediatra Isabel De La Fuente alerta que o vírus RSV responsável por infeções respiratórias em bebés e crianças pequenas vai voltar a causar grandes surtos no país, como o da primavera que lotou as urgências e internamentos da KinnerKlinik. E deixa conselhos aos pais e ao Governo.

Em termos percentuais, atualmente, 78,9% dos infetados não têm vacina (75% na semana precedente) e 21,1% estão vacinados (25% na semana precedente).Na semana passada não foi registada nenhuma morte associada à covid-19, mas quanto às hospitalizações houve um ligeiro aumento. 

Há 21 pessoas internadas nas unidades de cuidados normais, mais três do que na semana anterior, e seis nos cuidados intensivos, ou seja, mais duas pessoas. Para os 542 novos casos, as viagens ao estrangeiro continuam a ser a fonte mais frequente de contaminação (29,9%), seguido do ambiente familiar (27%) e do lazer (4,5%).


Quase 100% das infeções devem-se à variante Delta
Todos os casos analisados pelo Laboratório Nacional de Saúde identificaram as "variantes de preocupação" identificadas pela OMS.

Ainda de acordo com os números do Ministério da Saúde, e quanto às vacinas, foram administradas na semana passada mais 6.978 doses: 2.952 pessoas receberam a primeira dose, 3.988 a segunda dose e 38 pessoas uma terceira dose, perfazendo até agora um total de 763.335 doses. Atualmente há 391.721 pessoas com vacinação completa.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas