Escolha as suas informações

Luxemburgo. As homenagens aos resistentes das invasões nazis
Luxemburgo 7 10.10.2021
Comemoração Nacional

Luxemburgo. As homenagens aos resistentes das invasões nazis

Comemoração Nacional

Luxemburgo. As homenagens aos resistentes das invasões nazis

Foto: Laurent Blum
Luxemburgo 7 10.10.2021
Comemoração Nacional

Luxemburgo. As homenagens aos resistentes das invasões nazis

Redação
Redação
O Grão-Duque Henri, Xavier Bettel e outros políticos e personalidades religiosas lembraram a coragem dos residentes do Grão-Ducado na Segunda Guerra Mundial. Veja as imagens.

O Luxemburgo presta hoje homenagem aos resistentes contra o invasor nazi, na segunda guerra mundial, entre 1940 e 1945 e este ano, as cerimónias deste Dia da Comemoração Nacional decorreram da forma tradicional, como sucedia antes da pandemia, mas ainda com máscara.

As cerimónias iniciaram-se como sempre no local mais simbólico desta homenagem, o monumento nacional da solidariedade luxemburguesa (“Kanounenhiwwel”), com a presença do Grão-Duque Henri e de vários políticos. Presentes estiveram o primeiro-ministro Xavier Bettel, o presidente do Parlamento Fernand Etgen, o vice-primeiro Ministro François Bausch, a burgomestre da Cidade de Luxemburgo, Lydie Polfer, o comandante do Exército, General Steve Thull e o Diretor Geral da Polícia Philippe Schrantz. 

O Grão-Duque Henri colocou uma coroa de flores no monumento nacional de solidariedade e acendeu a chama eterna, como relata o Luxemburger Wort. 

Outras cerimónias decorreram noutros locais simbólicos como no memorial para as vítimas da Shoah e na estação de Hollerich, de onde partiram tantos luxemburgueses, sobretudo da comunidade judaica para fugir ao nazismo, nomeadamente para Portugal e onde jovens foram levados para as forças armadas da Alemanha nazista.

Veja as imagens:


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas