Escolha as suas informações

Luxemburgo acolheu 41 migrantes resgatados no Mediterrâneo
Luxemburgo 12.09.2019

Luxemburgo acolheu 41 migrantes resgatados no Mediterrâneo

Luxemburgo acolheu 41 migrantes resgatados no Mediterrâneo

Foto: AFP
Luxemburgo 12.09.2019

Luxemburgo acolheu 41 migrantes resgatados no Mediterrâneo

Susy TEIXEIRA MARTINS
Susy TEIXEIRA MARTINS
O grupo é composto de 39 homens, uma mulher e uma criança.

 O Luxemburgo já recebeu 41 pessoas resgatadas no Mediterrâneo desde o início de 2018, nomeadamente dos navios Lifeline, Aquarius, Seawatch III, Alan Kurdi e da Cigala Fulgosi.

O número foi revelado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean Asselborn, em resposta a uma pergunta parlamentar do deputado do ADR, Fernand Kartheiser.

O ministro também avançou dados sobre a nacionalidade desses migrantes. São 17 do Sudão, sete da Eritreia, seis da Somália, quatro da Nigéria, além de sete de outros países não especificados.

O grupo é composto de 39 homens, uma mulher e uma criança.

O Luxemburgo assumiu o seu compromisso de solidariedade e de cooperação europeia em matéria de migrações, participando nos processos de acolhimento em praticamente todas as situações de emergência que resultaram em resgates no Mediterrâneo.

Para Jean Asselborn, a situação exige uma solução estável e permanente para responder ao desafio migratório, até porque, para já, é voluntário o acolhimento de migrantes resgatados do mediterrâneo.

Os migrantes que chegam desta forma ao Luxemburgo ficam com o estatuto de requerentes de asilo.