Escolha as suas informações

Luxemburgo acolhe sétimo paciente vindo de Mulhouse. Macron agradece
Luxemburgo 26.03.2020

Luxemburgo acolhe sétimo paciente vindo de Mulhouse. Macron agradece

Luxemburgo acolhe sétimo paciente vindo de Mulhouse. Macron agradece

AFP
Luxemburgo 26.03.2020

Luxemburgo acolhe sétimo paciente vindo de Mulhouse. Macron agradece

Diana ALVES
Diana ALVES
Os sete cidadãos em questão têm mais de 50 anos de idade e passam agora a ser incluídos nas estatísticas do Luxemburgo.

O Luxemburgo acolheu ontem mais um paciente com Covid-19 oriundo de Mulhouse, França, elevando para sete o número de doentes transferidos da região do Grande Este para o Grão-Ducado. Segundo a RTL, o doente foi transportado num helicóptero da Air Rescue, tendo sido acolhido por um dos quatro hospitais do país.


Lokales, Maison médicale, 59, Rue Michel Welter, Coronavirus, Covid-19, Foto: Chris Karaba/Luxemburger Wort
Covid-19. Número de infetados no Grão-Ducado sobe para 1.333
"A situação continua séria". Foi desta forma que o primeiro-ministro, Xavier Bettel, descreveu esta tarde a evolução do surto da Covid-19 no Luxemburgo.

Os sete cidadãos em questão têm mais de 50 anos de idade e passam agora a ser incluídos nas estatísticas do Luxemburgo, que contabiliza neste momento 1.333 casos confirmados do novo coronavírus.

O Grão-Ducado disponibilizou-se no fim de semana passado a receber sete pacientes franceses com Covid-19, originários da região do Grande Este, de forma a aliviar os serviços hospitalares do país vizinho. Para já, segundo a RTL, não está previsto o transportes de outros doentes. Além do Luxemburgo, também a Alemanha e a Suíça se comprometeram a acolher pacientes vindos daquela região.

Numa comunicação ao país, ontem à noite, após uma visita a Mulhouse, o presidente francês, Emmanuel Macron, agradeceu ao Luxemburgo e aos outros dois países pelo apoio transfronteiriço. Juntos, os três países acolheram cerca de 30 doentes em estado grave.

A região vizinha do Grande Este tem neste momento 2.700 pessoas hospitalizadas devido ao novo coronavírus, 600 das quais nos cuidados intensivos. Só naquela região, a nova pneumonia viral já roubou a vida a 420 pessoas, 41 das quais morreram em lares de idosos. Em toda a França, que totaliza mais de 22.600 casos, o número de vítimas mortais já ultrapassou as mil.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Covid-19. O mês em que abandonamos as ruas da Europa
O estado de emergência de três meses foi decretado há nove dias, mas o número de infetados do país não para de crescer. O Luxemburgo chegou a ser apontado como o terceiro país do mundo com mais casos positivos de coronavírus, por cada milhão de habitantes. O primeiro-ministro, Xavier Bettel, explica a razão: “estamos a fazer mais testes que nos outros países, por isso, temos mais casos registados”.