Escolha as suas informações

Luxemburgo. 741 novas infeções por covid-19 registadas em Esch em duas semanas
Luxemburgo 12.08.2020

Luxemburgo. 741 novas infeções por covid-19 registadas em Esch em duas semanas

Luxemburgo. 741 novas infeções por covid-19 registadas em Esch em duas semanas

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 12.08.2020

Luxemburgo. 741 novas infeções por covid-19 registadas em Esch em duas semanas

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
A seguir a este cantão a capital do Luxemburgo é o local com maior número de novos casos identificados entre 27 de julho e 9 de agosto, revela o novo relatório do Ministério da Saúde.

Esch-sur-Alzette este é de longe o cantão com mais casos do país, seguindo-se a capital onde foram detetados 222 novos casos registados, entre 27 de julho e 9 de agosto, tal como os 741 de Esch, segundo as estatísticas do Ministério da Saúde hoje divulgadas no site oficial. Já o restante cantão do Luxemburgo identificou 87 novas infeções, o segundo do país. Já Vianden é o cantão com menos casos descobertos, um total de oito na semana passada.

O relatório relativo à situação da epidemia no Luxemburgo na semana de 3 a 9 de agosto agora revelado, indica que o número de novas infeções baixou, bem como os óbitos e as hospitalizações. Também a idade média dos doentes que testaram positivo diminuiu rondando agora os 35 anos, menos dois anos que na semana de 27 de julho.

 Menos infeções ativas no país

O documento revela que se realizaram menos testes de despistagem à população do que na semana anterior, 50.177 contra 67.022, podendo este facto ter contribuído para o menor número de novas infeções detetadas, 354 contra as 525 registadas na semana de 27 de julho a 2 de agosto.

Uma das boas notícias é que o número de óbitos baixou para metade, tendo-se registado três casos na última semana contra seis na de 27 de julho.

Também as infeções ativas baixaram de uma semana para a outra 922 (09 agosto) contra 1242 (27 julho), tendo acontecido o mesmo à taxa de reprodução (RT) que passou de 0,860 para 0,720.


Luxemburgo contabiliza 58 novos casos de covid-19
Depois de três dias a registar novas mortes associadas ao novo coronavírus, as autoridades mantêm o balanço inalterado esta quarta-feira. O número de novos casos voltou a disparar.

 Menos internamentos

A diminuição de casos continua ao nível das hospitalizações em que se registaram-se menos 10 internamentos, 42 nesta semana contra 52, entre 27 e 2 de agosto. Já nos cuidados intensivos houve necessidade de internar mais um doente, num total de sete casos.

A média de idades das pessoas hospitalizadas baixou para 52 anos, na semana anterior tinha sido de 57 anos, e tanto as admissões como as altas também diminuíram.


Covid-19. Direção da Saúde quer reforçar rastreio no final das férias coletivas
A Direção da Saúde tenciona reforçar o rastreio à covid-19 no final das férias coletivas de verão e no arranque do novo ano letivo.

Por outro lado, na semana de 3 a 9 de agosto foram colocadas 1103 pessoas em isolamento, e 1335 em quarentena, tratando-se neste caso de pessoas que estiveram em contacto com indivíduos infetados.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas