Escolha as suas informações

Luxair retoma voos esta sexta-feira. Manutenção foi assegurada durante confinamento
Luxemburgo 2 min. 28.05.2020

Luxair retoma voos esta sexta-feira. Manutenção foi assegurada durante confinamento

Luxair retoma voos esta sexta-feira. Manutenção foi assegurada durante confinamento

Foto:Guy Jallay
Luxemburgo 2 min. 28.05.2020

Luxair retoma voos esta sexta-feira. Manutenção foi assegurada durante confinamento

A frota da companhia aérea luxemburguesa iniciou o seu desconfinamento ao longo dos últimos dias.

O transporte aéreo de passageiros da Luxair será retomado esta sexta-feira, dia 29 de maio, no Grão-Ducado. Os voos foram interrompidos no dia 23 de Março, mas a companhia garante que não esteve de braços cruzados.

No entanto, a vida da companhia aéra não parou durante o confinamento. O período de interrupção do tráfego aéreo não significou que fechassem as portas, nem que os aviões se mantivessem por terra. Na verdade, por questões de manutenção de material e da licença dos pilotos, as aeronaves da Luxair tiveram de levantar voo durante a quarentena, passar por inúmeros reparos e adicionar novos ajustes. 

"Nos últimos dias, começámos a desconfinar os aviões. Para a manutenção, mas também para a manutenção das licenças. Para manter a sua licença, um piloto deve fazer pelo menos três descolagens e três aterragens no prazo de 90 dias. Com a crise do coronavírus, o prazo foi revisto para 120 dias", explicou Joe Schroeder, diretor de comunicação do Grupo Luxair, ao L'Essentiel. 


Covid-19. Luxair adopta novas medidas de limpeza e segurança
A companhia aérea comunicou algumas das medidas adoptadas na retoma da atividade.

Foi necessária uma "manutenção especial claramente definida pelos fabricantes" da frota de aviões da companhia luxemburguesa, onze De Haviland Q400 e oito Boeing 737.

Segundo o responsável da comunicação da empresa, o número de tarefas dependeu do número de dias em que os aviões foram obrigados a estar aterrados em Findel."Colocámos proteções nos pneus, as vigias foram coladas, as aberturas fechadas. No interior, foram instaladas proteções contra a humidade e o pó". Acrescentou-se ainda algumas manutenções e aplicações de óleo a motores, trem de aterragem e foram feitas avaliações aos aparelhos. 

Para o diretor de comunicação, é importante deixar claro que não há motivos para preocupações porque "os aviões foram atendidos e estão prontos para receber passageiros na sexta-feira, com três destinos no primeiro dia". 

 Os primeiros destinos a operar são Munique, Hamburgo e Estocolmo, mas em breve abrem as rotas de Lisboa e Porto. A intenção é "reabrir para o fim-de-semana de Pentecostes, para permitir que as pessoas saiam um pouco", esclareceu. Faro, em Portugal, também será um destino, em breve, com a LuxairTours. 


Luxemburgo é o país da UE com a maior percentagem de trabalhadores na aviação
O transporte aéreo de passageiros será retomado esta semana, no próximo dia 29 de maio, no Grão-Ducado.

Segundo a companhia, deu-se a implementação de cartas de saúde que "vão para além dos regulamentos", o que permitirá "viajar da forma mais segura possível". 

Em comunicado, a companhia aérea do Luxemburgo ainda garante que está a trabalhar "em cooperação direta com as autoridades oficiais de cada um dos nossos destinos". 

Para os voos da LuxairTours, será necessário esperar até 13 de junho para retomar as operações. A companhia aérea aproveitou a oportunidade para revelar uma política de mudança gratuita de reservas para os voos marcados desde 13 de março de 2020. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.