Escolha as suas informações

Linha telefónica: Plataforma de apoio a vítimas de radicalização

Linha telefónica: Plataforma de apoio a vítimas de radicalização

Foto: Facebook
Luxemburgo 01.10.2016

Linha telefónica: Plataforma de apoio a vítimas de radicalização

Desde hoje, 1 de Outubro, a Polícia Grã-ducal dispõe de um serviço de orientação e de informação a pessoas em processos de radicalização.

Desde hoje, 1 de Outubro, a Polícia Grã-ducal dispõe de um serviço de orientação e de informação a pessoas em processos de radicalização.

Os interessados devem contactar o serviço  através do telefone +352 2477-2477.

Este apoio é alargado às famílias e a pessoas próximas.

O Ministério da Família e da Integração também disponibilizará um serviço de escuta e apoio a pessoas que enfrentam algum tipo de aliciamento de extremismo ou radicalização violenta.

Estes novos programas são uma forma de luta contra a discriminação e têm por objectivo uma melhor integração.


Notícias relacionadas

Saúde & Bem-Estar
Mesmo com a chegada dos dias mais longos, quantas vezes dizemos para nós mesmos que ‘o dia deveria ter 48 horas em vez de 24 horas’? Efetivamente as pessoas ativas, independentemente das atividades que exercem, quer trabalhem num escritório, num estaleiro de construção ou ainda num restaurante, podem sofrer de stress, uma reação psicofisiológica que, segundo os especialistas, ‘surge em resposta a um estado de tensão agudo ou crónico’. Os efeitos no organismo vão além dos problemas emocionais, por isso tão comumente se diz “o trabalho mata”, o que não é apenas uma força de expressão pois o stress pode diminuir consideravelmente os níveis de produtividade de uma pessoa e conduzir mesmo a um estado de depressão.
f