Escolha as suas informações

Licença política. Maioria dos beneficiários trabalha no setor público
Luxemburgo 09.07.2019

Licença política. Maioria dos beneficiários trabalha no setor público

Licença política. Maioria dos beneficiários trabalha no setor público

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 09.07.2019

Licença política. Maioria dos beneficiários trabalha no setor público

Susy TEIXEIRA MARTINS
Susy TEIXEIRA MARTINS
A maioria dos pedidos de licença política vem do setor público.

Em resposta a uma pergunta parlamentar, a ministra do Interior, Taina Bofferding, informou que 37% dos 804 pedidos chegaram do setor público, em 2018. Os outros eram 32% do setor privado e 31% de independentes.

O objetivo da licença política é permitir às pessoas abrangidas, que exerçam o seu mandato em paralelo com a sua carreira profissional.

A licença para os burgomestres e conselheiros varia entre 5 e 40 horas por semana em função do número de membros que compõem o conselho comunal e em função dos eleitos.

Segundo a ministra do Interior, a licença dos políticos municipais vai ser adaptada no âmbito da reforma comunal, que está a ser elaborada.

Os representantes das 102 comunas do país reuniram-se esta segunda-feira com o ministério do Interior para discutir a reforma.