Escolha as suas informações

Lenert. Três pessoas morreram após toma de vacina. Investigação a decorrer
Luxemburgo 21.04.2021 Do nosso arquivo online

Lenert. Três pessoas morreram após toma de vacina. Investigação a decorrer

Lenert. Três pessoas morreram após toma de vacina. Investigação a decorrer

Luxemburgo 21.04.2021 Do nosso arquivo online

Lenert. Três pessoas morreram após toma de vacina. Investigação a decorrer

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
A Ministra da Saúde adiantou que estão a decorrer investigações relacionadas com estas mortes mas ainda não há conclusões.

Na conferência de imprensa conjunta desta quarta-feira, 21, o primeiro-ministro, Xavier Bettel, e a ministra da Saúde, Paulette Lenert, deram mais detalhes sobre a campanha de vacinação contra a covid-19, atualmente na fase 5, que deverá terminar na próxima semana. 

Paulette Lenert, de volta após uma ausência por motivos de saúde, falou em específico, dos casos relatados de efeitos colaterais da vacina observados em Luxemburgo. 

Até à data, três pessoas morreram após uma vacina, disse a ministra, sem adiantar marcas. As investigações ainda não estão concluídas, uma vez que as autópsias ainda estão a decorrer. A ministra adiantou, no entanto, que as três pessoas tinham mais de 75 anos.

Lenert salientou, no entanto, que casos de efeitos colaterais da vacina são raros e representam 1% de todas as pessoas vacinadas. 

De  um total de 120.308 que levaram uma ou mais doses no Luxemburgo, apenas 129 apresentaram sintomas graves e incapacitantes no dia seguinte. Treze chegaram a ser hospitalizadas após uma injeção. 

De acordo com a governante a vacina da Biontech/Pfizer foi responsável pela maioria das reações, com 10 em cada mil casos. Já Moderna e AstraZeneca são responsáveis por duas em cada mil. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas