Escolha as suas informações

Jovens luxemburguesas recrutadas à força pelos nazis homenageadas no domingo
Luxemburgo 16.10.2020

Jovens luxemburguesas recrutadas à força pelos nazis homenageadas no domingo

Jovens luxemburguesas recrutadas à força pelos nazis homenageadas no domingo

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 16.10.2020

Jovens luxemburguesas recrutadas à força pelos nazis homenageadas no domingo

Diana ALVES
Diana ALVES
A homenagem acontece no âmbito do Dia de Comemoração Nacional, em memória do povo envolvido na luta durante a ocupação nazi.

As 3.614 jovens mulheres luxemburguesas que foram vítimas de trabalhos forçados na Alemanha durante a ocupação nazi, entre 1940 e 1945, vão ser homenageadas no domingo (18 de outubro). A homenagem acontece no âmbito do Dia de Comemoração Nacional, em memória do povo envolvido na luta durante a ocupação nazi.

A homenagem será prestada através da inauguração de uma placa comemorativa na clarabóia da gare central da cidade do Luxemburgo. A cerimónia tem início marcado para as 10h15, na presença de algumas personalidades, entre as quais o Grão-Duque Henri e o primeiro-ministro, Xavier Bettel. 

Outra das presenças será a de Maisy Ginter-Bonichaux, sobrevivente recrutada à força durante a invasão alemã. A maior parte destas mulheres levadas para trabalhos forçados na década de 1940 partiu da gare do Luxemburgo com destino à Alemanha de Adolf Hitler. Cinquenta e oito morreram no estrangeiro.

Depois dos discursos, o Grão-Duque, o primeiro-ministro e Maisy Ginter-Bonichaux depositarão uma coroa de flores em frente à placa.

As cerimónias para assinalar o Dia de Comemoração Nacional vão depois passar por vários monumentos nacionais em memória das vítimas da Segunda Guerra. São eles o monumento nacional da Solidariedade Luxemburguesa (no Kanounenhiwwel), o monumento em memória das vítimas do Holocausto (boulevard Roosevelt), a Gëlle Fra e o monumento nacional da Resistência e Deportação (Hinzerter Kräiz).  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.