Escolha as suas informações

Jean-Baptiste Fresez, retratista do Luxemburgo
Luxemburgo 23.07.2017 Do nosso arquivo online
MNHA

Jean-Baptiste Fresez, retratista do Luxemburgo

Jean-Baptiste  Fresez, "Vues de Luxembourg" (1828-1829)
MNHA

Jean-Baptiste Fresez, retratista do Luxemburgo

Jean-Baptiste Fresez, "Vues de Luxembourg" (1828-1829)
Foto: MNHA
Luxemburgo 23.07.2017 Do nosso arquivo online
MNHA

Jean-Baptiste Fresez, retratista do Luxemburgo

Na próxima semana, terça-feira 25 e quinta-feira 27 de julho, o Museu Nacional de História e de Arte (Marché-aux-Poissons) apresenta, em português, mais uma das suas obras: o auto-retrato do pintor luxemburguês Jean-Baptiste Fresez.

Na próxima semana, terça-feira 25 e quinta-feira 27 de julho, o Museu Nacional de História e de Arte (Marché-aux-Poissons) apresenta, em português, mais uma das suas obras: o auto-retrato do pintor luxemburguês Jean-Baptiste Fresez.

Tratar-se-á de desenhar os traços deste artista fundamental no quadro da pintura luxemburguesa do século XIX, da sua vida e da sua obra, a partir da evolução do auto-retrato ao longo da História da Arte.

A iniciativa insere-se no quadro do «Renc’Art– Obra do mês», convite mensal proposto pelo MNHA em complemento às tradicionais visitas regulares. Trata-se de um breve encontro, de cerca de 20 minutos, com um guia-conferencista que analisa em detalhe uma das obras-primas da coleção do museu.

Estas visitas que têm lugar oito vezes por mês - sempre à terça-feira ao almoço (12h30) e à quinta-feira ao final da tarde (19 horas) - cada semana numa das quatro línguas disponíveis (francês, alemão, inglês e português), são gratuitas.

Para mais informações, visite o link: http://www.mnha.lu/fr/Visites-guidees

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O Museu Nacional de História e de Arte do Luxemburgo propõe, hoje entre as 15h00 e as 16h00, uma visita guiada em português à exposição “Sang et Larmes – Albrecht Bouts et les Images de la Passion”, mostra que está patente até 12 de fevereiro.
O Museu Nacional de História e Arte do Luxemburgo prossegue esta quinta-feira, dia 30 de Julho, as visitas guiadas em português a uma obra escolhida mensalmente por aquele museu.
Obra de Theodore van Loon