Escolha as suas informações

Jean Asselborn inaugura embaixada luxemburguesa no Brasil
Luxemburgo 02.03.2018

Jean Asselborn inaugura embaixada luxemburguesa no Brasil

Jean Asselborn.

Jean Asselborn inaugura embaixada luxemburguesa no Brasil

Jean Asselborn.
Foto: Anouk Antony
Luxemburgo 02.03.2018

Jean Asselborn inaugura embaixada luxemburguesa no Brasil

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean Asselborn, inaugurou oficialmente esta quinta-feira em Brasília a embaixada do Grão-Ducado no Brasil.

O Luxemburgo era até agora o único país da União Europeia sem embaixada no Brasil. Carlo Krieger, antigo diretor dos assuntos jurídicos no Ministério dos Negócios Estrangeiros, passa a ser o primeiro embaixador do Luxemburgo residente no Brasil, sucedendo a Jean Olinger, que exercia este cargo a partir do Luxemburgo.

“A decisão de abrir uma embaixada no Brasil, a primeira na América do Sul, testemunha a vontade luxemburguesa de garantir uma presença mais visível e operacional do Grão-Ducado, em particular no Brasil, e de maneira mais geral, reforçar as relações político-diplomáticas, económicas e culturais com o continente sul-americano”, disse Jean Asselborn.

A inauguração teve lugar na presença das autoridades brasileiras, membros do corpo diplomático, representantes de empresas luxemburguesas no Brasil e descendentes de imigrantes luxemburgueses.

O Luxemburgo conta com quatro consulados honorários no Brasil: Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte.

À margem desta visita, Jean Asselborn foi recebido pelo vice-ministro brasileiro dos Negócios Estrangeiros, Marcos Galvão, e pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.


Notícias relacionadas

Nova câmara de comércio do Brasil aposta nos fundos de investimento
A câmara de comércio do Brasil no Luxemburgo (CCBRALUX) foi criada no passado mês de fevereiro com dois objetivos em mente: apoiar a integração da comunidade no Grão-Ducado e dinamizar a vertente económica entre os dois países. Neste capítulo, os fundos de investimento terão um papel chave.
Os quatro membros fundadores da CCBRALUX: Cândida Nedog, André Bezerril, Flavia Bley e Amanda Campagnani.