Escolha as suas informações

Jean Asselborn condena planos de anexação de Israel
Luxemburgo 11.09.2019

Jean Asselborn condena planos de anexação de Israel

Jean Asselborn.

Jean Asselborn condena planos de anexação de Israel

Jean Asselborn.
Foto de arquivo: Anouk Antony
Luxemburgo 11.09.2019

Jean Asselborn condena planos de anexação de Israel

O governante luxemburguês está na Palestina.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean Asselborn, condenou hoje a promessa do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, de anexar uma parte da Cisjordânia ocupada se for reeleito nas legislativas de 17 de setembro.

Numa curta nota divulgada esta tarde, Jean Asselborn refere que "este anúncio é inaceitável" e que "vai contra o direito internacional e as resoluções das Nações Unidas".

Asselborn encontra-se precisamente na Palestina, onde foi recebido hoje pelo Presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas.

O ministro luxemburguês acrescenta ainda que "se este anúncio for levado a cabo, será o fim do processo de paz e da solução dos dois Estados".

A visita de Jean Asselborn à Palestina tem como objetivo as discussões sobre o relançamento do processo de paz no Médio Oriente, que agora poderão estar mais comprometidas depois das recentes promessas eleitorais do primeiro-ministro israelita.

Asselborn segue amanhã para a Jordânia, onde vai ser recebido pelo seu homólogo, Ayman Safadi.

HB


Notícias relacionadas