Escolha as suas informações

Hospital do Sul deverá abrir em 2022
Luxemburgo 24.10.2015 Do nosso arquivo online
Esch/Alzette

Hospital do Sul deverá abrir em 2022

O novo hospital terá três edifícios triangulares com a forma de uma palheta de guitarra
Esch/Alzette

Hospital do Sul deverá abrir em 2022

O novo hospital terá três edifícios triangulares com a forma de uma palheta de guitarra
Imagem: CHEM / Albert Wimmer Zt-GMBH
Luxemburgo 24.10.2015 Do nosso arquivo online
Esch/Alzette

Hospital do Sul deverá abrir em 2022

"Südspidol" (Hospital do Sul) é o nome do futuro Centro Hospitalar do Sul que vai ser construído no lugar dito "Elsenbrich", junto à rotunda de Raemerich, em Esch/Alzette, e deverá abrir portas em 2002.

"Südspidol" (Hospital do Sul) é o nome do futuro Centro Hospitalar do Sul que vai ser construído no lugar dito Elsenbrich, junto à rotunda de Raemerich, em Esch/Alzette, e deverá abrir portas em 2002.

O projecto retido para este novo hospital é assinado pela empresa de arquitectos austríaca Albert Wimmer ZT-GmH.

Os austríacos imaginaram um vasto complexo hospitalar com três edifícios triangulares com a forma de uma palheta de guitarra. O primeiro e mais alto dos edifícios terá sete andares e será o centro nevrálgico do hospital. A estrutura central vai acolher o Centro Baclesse, de luta contra o cancro. No terceiro, vão funcionar os serviços de geriatria e psiquatria.

A construção do novo hospital deverá começar em 2018 e estar terminada quatro anos depois. Em 2022, o novo Centro Hospitalar do Sul deverá centralizar todos os serviços dos três hospitais da região - Esch-sur-Alzette, Dudelange e Niederkorn.

Os três hospitais, que empregam 250 médicos e 1.824 funcionários, atendem cerca de 139 mil pacientes por ano.

O novo hospital ficará situado no lugar dito "Elsenbrich", junto à rotunda de Raemerich, em Esch/Alzette
O novo hospital ficará situado no lugar dito "Elsenbrich", junto à rotunda de Raemerich, em Esch/Alzette
Imagem: CHEM / Albert Wimmer Zt-GMBH



Notícias relacionadas

Anúncio feito pelo primeiro-ministro
O Governo decidiu hoje em Conselho de Ministros construir um novo hospital central para a cidade do Luxemburgo. A hipótese de renovação do CHL estava em cima da mesa, mas o Governo preferiu optar pela construção de um novo hospital.
.