Escolha as suas informações

Horesca, turismo e eventos na origem de 43,5% dos pedidos de desemprego parcial
Luxemburgo 27.08.2020 Do nosso arquivo online

Horesca, turismo e eventos na origem de 43,5% dos pedidos de desemprego parcial

Horesca, turismo e eventos na origem de 43,5% dos pedidos de desemprego parcial

Photo: Gerry Huberty
Luxemburgo 27.08.2020 Do nosso arquivo online

Horesca, turismo e eventos na origem de 43,5% dos pedidos de desemprego parcial

Diana ALVES
Diana ALVES
Cerca de 43,5% das empresas que vão beneficiar do regime de desemprego parcial no mês de setembro pertencem aos setores da Horesca, turismo e organização de eventos.

Este mês, o ministério da Economia recebeu 3.085 pedidos para aceder ao ‘desemprego parcial especial para a retoma económica’, que estará em vigor até ao final do ano para ajudar as empresas a sobreviver à crise provocada pela pandemia de covid-19.

 Apesar de milhares de empresas terem recorrido à medida nos últimos meses, neste mês de agosto o ministério recebeu menos 276 pedidos face a julho.A decisão de atribuir, ou não, esta ajuda incumbe ao Comité de Conjuntura. 

Das mais de três empresas que fizeram o pedido, 2.996 receberam luz verde por parte do organismo e poderão beneficiar daquele regime no mês de setembro. 

Dessas, 43,5% pertencem aos setores da Horesca, turismo e eventos, que estão entre os mais atingidos pela crise atual.Em declarações prestadas na semana passada ao site Delano, o secretário-geral da federação que representa hotéis, restaurantes e cafés (Horesca), François Koepp, estimou que um em cada cinco estabelecimentos não vai escapar à crise.


Ao contrário de França, o Grão-Ducado não abdica das esplanadas de inverno
Até 2021, França pretende abolir as esplanadas aquecidas. Por cá "os estabelecimentos são livres de decidir".

Em comunicado de imprensa, o Ministério da Economia lembra que os pedidos para aceder ao mecanismo de desemprego parcial são feitos mês a mês e têm de ser feitos entre os dias 1 e 12 do mês precedente.

As empresas que quiserem beneficiar deste apoio em outubro, por exemplo, têm de fazer o pedido entre os dias 1 e 12 de setembro. Nesta fase, os requerimentos são feitos exclusivamente através da plataforma MyGuichet.lu.

Segundo as modalidades do desemprego parcial em vigor até ao fim do ano, o Estado continua a assegurar 80% dos salários durante o período em que a empresa está ao abrigo da medida. 

Este regime ‘especial covid’ permite, em alguns casos, que as empresas avancem com despedimentos.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas