Escolha as suas informações

Dois detidos em operação antidrogas em Capellen
Luxemburgo 02.12.2016 Do nosso arquivo online
"Hazeldonk"

Dois detidos em operação antidrogas em Capellen

"Hazeldonk"

Dois detidos em operação antidrogas em Capellen

Foto: illustration / police grand-ducale
Luxemburgo 02.12.2016 Do nosso arquivo online
"Hazeldonk"

Dois detidos em operação antidrogas em Capellen

Dois homens foram esta quinta-feira à noite detidos e hoje presentes a um juiz no âmbito de uma operação internacional de combate ao tráfico de droga, em Capellen, no Luxemburgo.

Dois homens foram esta quinta-feira à noite detidos e hoje presentes a um juiz no âmbito de uma operação internacional de combate ao tráfico de droga, em Capellen, no Luxemburgo.

A operação "Hazeldonk" - nome de uma vila holandesa perto da fronteira belga, situada numa das estradas usadas pelos traficantes de drogas europeus – envolveu as autoridades policiais e aduaneiras dos três países do Benelux (Bélgica, Holanda e Luxemburgo) e da França.

Estes quatro países querem lutar contra o comércio de pequena escala (‘o turismo da droga’) e desmantelar pontos de venda na Holanda. As ações da operação "Hazeldonk" decorreram no tráfego rodoviário, ferroviário e aéreo.

Em Capellen, a ação envolveu 58 agentes luxemburgueses e holandeses, auxiliados por cães pisteiros.

No total, foram revistados 56 carros e 127 pessoas, tendo resultado em três apreensões de drogas, dois indivíduos procurados pelas autoridades, uma carta de condução temporariamente confiscada a um condutor embriagado e duas detenções por posse de droga.

Os dois detidos, que viajavam num automóvel matriculado no estrangeiro, jogaram fora um pacote antes de serem detidos. A polícia encontrou um envelope contendo 97 gramas de heroína.

Ambos os homens negaram a posse da droga, mas foram presos e apresentados esta sexta-feira a um juiz.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A Polícia Grã-Ducal anunciou hoje a detenção de três pessoas por alegado tráfico de drogas, em Esch-sur-Alzette, no sul do Luxemburgo.