Escolha as suas informações

Há cerca de 200 jovens a trabalhar como 'au pair' no Luxemburgo
Luxemburgo 19.02.2021

Há cerca de 200 jovens a trabalhar como 'au pair' no Luxemburgo

Há cerca de 200 jovens a trabalhar como 'au pair' no Luxemburgo

Foto: Gerry Huberty/Luxemburger Wort
Luxemburgo 19.02.2021

Há cerca de 200 jovens a trabalhar como 'au pair' no Luxemburgo

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O Luxemburgo conta atualmente com 201 jovens a trabalhar como 'au pair', um sistema que permite às famílias acolher um jovem estrangeiro para um intercâmbio cultural em troca do cuidado dos filhos e de tarefas domésticas.

O número foi revelado à Rádio Latina por Nathalie Schirtz, do Serviço Nacional da Juventude (SNJ), organismo que gere as candidaturas destinadas a jovens estrangeiros entre os 18 e os 29 anos, por um período máximo de 12 meses.

Apesar da crise sanitária, só no ano passado o SNJ registou 233 jovens 'au pair' a trabalhar no Luxemburgo, menos três do que em 2019 (236), mas ainda assim mais 12 do que em 2018 (221).

Atualmente com 201 jovens a prestar este serviço (a maioria chegou em 2020), Nathalie Schirtz prevê um "crescimento para 2021".

Os números foram revelados à Rádio Latina à margem do anúncio da nova cooperação entre o SNJ e a agência LuxAuPair. Com esta parceria, as famílias podem a partir de agora recorrer também à plataforma LuxAuPair para procurar um 'au pair', dar início aos procedimentos administrativos e obter outras informações.

Este sistema permite aos candidatos estrangeiros aperfeiçoar as suas habilidades linguísticas e culturais fora do país de origem. As famílias de acolhimento são obrigadas a garantir ao jovem 'au pair' um quarto mobilado, três refeições diárias e uma mesada (a média no Luxemburgo é atualmente de 440 euros). Em troca, os jovens estrangeiros participam nas tarefas familiares, sobretudo o cuidado de crianças, durante 25 horas por semana.

O Serviço Nacional da Juventude é responsável, desde 2013, pela gestão dos pedidos relacionados com o sistema 'au pair' no Luxemburgo e pela fiscalização do cumprimento do quadro legal deste programa.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas